WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: 29/nov/2012 . 20:21

Inaugurados Terminais Pesqueiros Públicos de Salvador e Ilhéus.

 

O Terminal Pesqueiro Público de Ilhéus foi inaugurado hoje (29) pelos governos federal e estadual. O TPPI tem uma unidade de beneficiamento dotado de câmaras e túneis de espera, congelamento e estocagem de iscas e refrigerados, sala de higienização, expedição com pátios para caminhões, vestiários, sanitários e casa de máquinas.

Na unidade de apoio, os pescadores terão combustível subsidiado, fábrica de gelo, central de fornecimento de energia, boxes de vendas, oficina, carreira com guincho e central de higienização de caixas, lanchonete e estacionamento. O governador Jaques Wagner destacou “a importância do terminal para a comunidade pesqueira e para a economia regional.”

Representando o Governo Federal, o ministro da pesca e aquicultura Marcelo Crivella disse que “os pescadores tinham que vender o peixe a preços baixos porque não havia local para refrigeração, congelamento e estocagem. Agora, eles poderão esperar e vender seu produto por um preço justo.”                      

O secretário de agricultura, engenheiro agrônomo Eduardo Sales, destaca que o terminal é de alto nível tecnológico com estrutura de última geração. “Já visitei vários e este não deixa a desejar a nenhum do mundo.”

Já o presidente da Bahia Pesca, Issac Albagli, lembrou que os pescadores esperaram 30 anos para ter esta reivindicação atendida. Disse ainda que o TPPI vai mudar a história da pesca na região

Também foi inaugurado hoje o Terminal de Salvador localizado na  Ribeira, na Enseada dos Tainheiros. O de Ilhéus fica na Av. Misael Tavares, antigo porto. O investimento dos dois terminais foi de 20 milhões de reais, recursos dos governos federal e estadual, valor abaixo do aplicado na construção de outros terminais no país, porque foram aproveitadas partes das antigas estruturas. O terceiro Terminal será instalado em Alcobaça, no extremo sul do Estado.

Marival Guedes-Assessor de comunicação da Bahia Pesca 73-9109-8678

Jabes reivindica à CAR investimentos para o interior de Ilhéus

 

Diretor do CAR, José Vivaldo Mendonça e o Prefeito Jabes Ribeiro.

O prefeito eleito de Ilhéus, Jabes Ribeiro (PP), reuniu-se esta semana, em Salvador, com o diretor-executivo da Companhia de Ações Regionais (CAR), José Vivaldo Mendonça Filho, garantindo apoio do governo estadual para obras e programas direcionados aos distritos, vilas e povoados do município. Entre eles, a revitalização da indústria de beneficiamento de leite do Santo Antônio, construção e reforma de pontes e a melhoria das estradas vicinais.

A criação de uma unidade de beneficiamento de produtos agrícolas na área do antigo matadouro municipal, no Banco da Vitória, foi outro tema do encontro. Jabes considera esta iniciativa importante para o fortalecimento da agricultura familiar de toda a região. “A ideia é melhorar a capacidade de comercialização dos pequenos produtores, que podem se tornar os principais fornecedores para a merenda escolar da rede municipal de educação”, justifica.

Jabes e Vivaldo Mendonça conversaram ainda sobre a requalificação das centrais de abastecimento do Malhado e da Urbis, investimento que o prefeito eleito aponta como essencial à melhoria da qualidade de vida dos ilheenses. A CAR é um órgão ligado à Secretaria de Desenvolvimento e Integração Regional da Bahia, dirigida pelo engenheiro agrônomo Wilson Alves de Brito Filho, do partido de Jabes, o PP.

ESPAÇO DO LEITOR – LISTA DE DEMISSÕES DA SAÚDE.

Boa tarde
 
Senhores…
 
Venho informar para que vocês façam chegar aos conhecimentos de todos a tal famosa LISTA DE DEMISSÃO DO PESSOAL DA SAÚDE, que o atual Secretário se negou a publicar e negou aos servidores que não existia a tal.  (cara de pau). Mas, como é sabido de todos, menos do Ministério Público, OAB. Defensoria Pública e outras entidades que o atual Secretário admitiu mais de 200 (duzentos) servidores desde de 04.04.2012 quando foi nomeado, sem Concurso Público e sem Processo Seletivo Simplificado; e também, aumentou o salário de diversos servidores, inclusive o do seu fiel escudeiro Hilton Siqueira (saindo de R$ 1.194,67 para os R$ 3.200,00) fora as gratificações e hora extra. Essas aberrações causou também mal estar no anterior Diretor Administrativo (Eduardo Melquiades); pois o mesmo recebendo uma ligação de um médico questionando a respeito do seu salário, o pq do atraso e o Diretor perguntou em que Posto de Saúde o mesmo trabalha e o médico inocente respondeu na VIDA MEDI (Hospital de Roland); portanto ele pediu para sair; pois a maioria desses servidores trabalhavam lá e nós pagávamos a conta. Não é possível de depois de tantas denúncias esse usurpador irá continuar como Secretário. Fora que deixa de pagar aos servidores para pagar os Prestadores…Isso é demais…

Lista 1/4

:: LEIA MAIS »

OI VELOX UMA PORCARIA, A IMAGEM DIZ TUDO. (continua atual)

BAIXAR PREÇOS ATÉ QUANTO?

Marcos Luthero

Na busca por aumentar a participação de mercado ou pressionados pelas contas a pagar, muitos varejistas comprometem a rentabilidade de seus negócios, fazendo promoções de preços e ignorando, com frequência, que se podem promover as mercadorias sem queimar os preços.

Muitos empresários utilizam apenas os preços praticados pelos concorrentes como balizadores para precificarem as suas mercadorias, fazendo ajustes para menos. Procedem assim, por acreditarem que os grandes players do mercado, por terem estruturas de custos maiores, são obrigados a praticarem “preços mais salgados”.

Como resultado desse comportamento ingênuo vão mal econômica e financeiramente nos negócios, :: LEIA MAIS »

ENTREVISTA COM O PRESIDENTE DA BAMIN.

JOSÉ VIVEIROS – PRESIDENTE DA BAMIN 

P: No que a concessão da licença prévia para a construção do Porto Sul, pelo Ibama, muda os planos da Bamin?
José Francisco Viveiros:
 A licença prévia é o passo inicial fundamental para a implantação do empreendimento. E é o mais importante, porque envolve, além dos projetos, discussões com a sociedade, até o Ibama definir se o projeto é viável. Mas é apenas o primeiro passo. Agora, começa uma discussão mais técnica, para a implementação do empreendimento.

 
P: No começo do mês, a ENRC anunciou que os investimentos em alguns projetos, incluindo a operação de extração de minério de ferro no Brasil, estão suspensos por tempo indeterminado. Como fica essa questão?
J.V: 
Tenho absoluta convicção de que esse projeto vai caminhar dentro da velocidade possível – e, quando falo possível, me refiro aos fatores externos, não aos relacionados com a ENRC. Dentro da ENRC, este projeto é a joia da coroa. Não há nada melhor dentro da empresa. A qualidade do minério é especial, quase única, e a logística, que é preponderante para o sucesso neste setor, é excelente. Uma ferrovia nova, moderna, em um terreno extremamente favorável, que vai permitir aos trens desenvolverem boa velocidade, chegando a um porto ultramoderno. Sendo a joia da coroa, dificilmente este projeto deixará de ser implementado.

 
P: Já há recursos alocados para o início das obras?
J.V: 
Começamos o ano com US$ 500 milhões alocados, isso sem que o conselho de administração da ENRC tivesse aprovado o projeto. Isso demonstra a disposição da empresa. Aí, a cada trimestre, a gente ia devolvendo, já que não havia a menor possibilidade de o dinheiro ser gasto. O projeto não podia avançar nada por causa da falta da licença prévia. Agora, estamos na discussão do orçamento do ano que vem.

 
P: Como está a mina, em Caetité? :: LEIA MAIS »

contador free


Webtiva.com // webdesign da Bahia

novembro 2012
D S T Q Q S S
« out   dez »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia