Acéfala, Ilhéus está mergulhada no lixo

Ilhéus vive hoje uma crise que começou no governo Valderico Reis, foi mantida e ampliada nos dois de Newton Lima, dono de uma rejeição acima dos 80%. O resultado é a paralisia da cidade e de serviços como a coleta de lixo.

Ilhéus, que já não tinha um sistema de coleta de lixo eficiente nos últimos anos, recebeu os turistas no verão passado com entulhos e sujeira nas ruas. A julgar pela situação atual, o próximo verão será igual.

O centro histórico está com todas as ruas tomadas pelo lixo, inclusive em frente ao Palácio Paranaguá, sede da prefeitura. A razão é mais uma greve dos servidores municipais por atrasos no salário.

Apesar de ser dos servidores públicos, o sindicato da categoria pressionou e a empresa Solar Ambiental, que faz a coleta, não foi às ruas depois do feriado. Quer fazer o mesmo com outras empresas prestadoras de serviço.

A prefeitura não pagou os salários de setembro alegando não ter caixa para isso. O prefeito não dá declarações nem acena com solução para o problema. (A Regiao Online, 16.10.2012)