Em outubro, teatro, música e cinema vão além dos limites físicos da Casa dos Artistas de Ilhéus para se aproximar ainda mais do público. Grande parte das atrações acontecerá em frente ao espaço cultural. Nesta terça-feira (02), o Cineclube Équio Reis abre as atividades externas projetando quatro animações da série Juro que Vi, às 19 horas. A atividade alusiva ao dia das crianças acontece também nas próximas semanas com novos filmes.

            A comédia Teodorico Majestade – as últimas horas de um prefeito será apresentada às 18 horas desta sexta-feira (05) como um alerta bem humorado para os eleitores que irão às urnas no domingo. Nos dias 09 e 10, os atores Guilherme Bruno, Geisa Pena e Ed Paixão apresentam Parpalhões às 17h3min. A montagem traz clássicos dos números de palhaços, homenageando O Gordo e o Magro e as famílias circenses. Ambos os espetáculos acontecerão na porta do espaço cultural.

            O projeto Cinema Incidental também está entre as atrações que serão levadas para fora da Casa dos Artistas. Nos dias 25 e 26, os músicos Elielton Cabeça e Pablo Lisboa dão nova roupagem à trilha sonora do clássico de Charles Chaplin, Dia de Pagamento. A sessão-apresentação acontece a partir das 19 horas.

            Alguns projetos como o Improviso, Oxente! e o Sábado Sim continuam nos limites físicos do Teatro Pedro Mattos. O primeiro fecha a série de discussões “A cidade é movida pela Cultura”, em parceria com o Instituto Nossa Ilhéus. Neste mês, o projeto de debates acontece às 19 horas das quintas-feiras, sendo aberto no dia 04 com o tema “Políticas Públicas para a Juventude”. Já o Sábado Sim, organizado pelo coletivo Chocolate Groove, abre espaço para bandas alternativas nos dias 13 e 17 às 20 horas.

            O musical infanto-juvenil Lendas da Lagoa Encantada também figura a programação de outubro da Casa dos Artistas. Nesta sexta-feira e sábado (05 e 06), o espetáculo da Cia. Boi da Cara Preta será encenado em sessão fechada para a comunidade da Lagoa Encantada, que ajudou na pesquisa para a montagem. Mas, nos dias 19 às 20 horas e no dia 20 às 17 e 20 horas, será apresentado ao público em geral. Os ingressos custam R$ 10 e R$5.

            Outra novidade é a oficialização da parceria entre o Núcleo de Produção Audiovisual do Teatro Popular de Ilhéus e o Curso de Comunicação Social da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc). A partir das 19 horas do dia 23, será exibida a série de curtas Encena, produzida pelos acadêmicos da TV Uesc. A entrada será gratuita.