WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: 23/ago/2012 . 23:01

AGENDA DE JABES E CACÁ.

Sexta-feira (24.08)

09 h – Corpo a corpo no Alto Nerival, com concentração na quadra de esportes da Barra.

15h30 – Visita à Rua da Horta e Vila Queiroz, com concentração na entrada da rua, pela Av. Ubaitaba.

19 h  – Missa campal.

SHOW DE BONDADES COM O HOSPITAL GERAL LUIZ VIANA FILHO, EM ILHÉUS.

Quando tudo no Regional funcionava, não faltava nada, ainda assim os ‘urubus’ reclamavam, faziam denúncias e queixas.

Hoje o Hospital, tropeça e capenga nas próprias pernas, com um grau baixíssimo de resolubilidade*, todo mundo está cheio de boas intenções, e ninguém reclama de nada.

Vejam abaixo algumas fotos enviadas por um acompanhante de internado, indignado com uma lavanderia clandestina, onde são lavadas roupas de outros acompanhantes, criando um vetor generalizado de infecção hospitalar.

Pergunto eu, onde está a Vigilância Sanitária da Secretaria Municipal de Saúde de Ilhéus?

Por  (SP) em 16-08-2008

A resolubilidade diz respeito à combinação dos graus de eficácia e eficiência das ações em saúde.

 

JABES JÁ TRABALHA PELA SEGURANÇA EM ILHÉUS.

Jabes quer Bases Comunitárias de Segurança nos bairros de Ilhéus

 “Não sou candidato para chegar à prefeitura e aprender a governar”. 

O candidato a prefeito Jabes Ribeiro (PP) e o vice Cacá (PMDB) reuniram-se com lideranças de diversos segmentos da segurança, na noite de quarta-feira, 22. Representantes da guarda-municipal, salva-vidas, segurança privada, policiais civis e militares, agentes de trânsito e agentes penitenciários mostraram aos candidatos da Coligação Por amor a Ilhéus que os índices de violência na cidade são alarmantes.

A reimplantação da Prefeitura Cidadã, que levava democracia aos bairros e criava um conselho de segurança em cada um deles, e a solicitação ao Governo Estadual para a inclusão de Ilhéus no programa Base Comunitária de Segurança são algumas propostas de Jabes para o setor. Esse programa já reduziu acentuadamente os índices de criminalidade em vários municípios da Bahia.

As bases de segurança promovem o policiamento comunitário e a convivência pacífica em localidades identificadas como críticas. Além de combater o crime e o tráfico de drogas, essas bases atuam na prevenção da violência e na prática de ações sociais, oferecendo cursos de capacitação e mutirões de saúde e cidadania.

Serviços essenciais como a coleta de lixo, melhoria das estradas vicinais e principalmente a segurança são criticados pelos moradores de todas as partes de Ilhéus. O problema da segurança está sempre permeando a cidade e a população teme novas ondas de brutalidade.

Para Jabes, a sociedade tem que agir em parceria com os poderes Executivo e Legislativo, e o governo municipal deve manter uma boa articulação política com as esferas estaduais e federais para que garantir  investimentos na cidade. No âmbito da segurança, a proposta de integração dos diversos segmentos da segurança pública é uma das suas metas, englobando o resgate do Conselho Municipal de Segurança.

As demandas de Ilhéus aumentam à medida que a população cresce e a falta de segurança não é um problema exclusivo da cidade.  “Segurança é uma necessidade do ser humano. É preciso ter articulação, coordenação para que todos os setores se aglutinem e interajam de forma democrática, visando o melhor para Ilhéus”, enfatiza Jabes.

O vice Cacá preocupa-se com as crianças e jovens vitimas da violência, estupro e drogas. Investimentos na capacitação profissional e no esporte são prioridades para Jabes e Cacá. As ações incluem a criação de casas de reabilitação para mulheres e jovens vítimas da violência ou das drogas.

Jabes recebeu com muita atenção o segmento da segurança pública, exaltando a democracia para que cada ilheense faça a melhor escolha em 7 de outubro, enfatizando seu compromisso com a cidade e reforçando toda a sua experiência: “Não sou candidato para chegar à prefeitura e aprender a governar”. 

OS PREDILETOS – BLOGOSFERA.

Os prediletos
Escrito por Blog Agravo
Qui, 23 de Agosto de 2012 10:32
Alguns candidatos da coligação “Ilhéus Mais Forte” vêm se queixando do favorecimento da própria coligação para certos candidatos a vereadores. Não é pra menos, segundo um postulante a uma vaga no legislativo local, que está na coligação, enquanto alguns candidatos que participam diariamente da agenda de caminhadas e visitas são desprestigiados, alguns poucos que nem sequer estiveram mais de uma vez em caminhadas, vem recebendo um pouco do “grosso”, a exemplo de Gilmar Sodré, Roland Lavigne.

Já tem candidato que decidiu cruzar os braços, afirmando que não recebeu nem uma gota de gasolina, ou material gráfico, e que a “turma” está brincando de fazer política.

A preferência começou no Arraiá da Saúde. (O Sarrafo)

OPERAÇÃO TABAJARA IV.

Em mais uma estapafúrdia Operação Tabajara, esta de numero 4, o PT junto com o Prefeito Newton Lima, vão liberar de mentirinha os cargos comissionados para votar em quem quiser- como foi feito com secretários, menos o de Josias Gomes – para tentar desvincular a candidatura de Carmelita do seu desastrado Governo.

Ninguém é besta de chegar ao extremo de acreditar em mais uma pachochada desta.

O que eles não tem coragem de falar é na tábua de graxa que vai rolar depois da eleição, onde todos os cabos e cabas eleitorais, que incham as secretarias, vão pro olho da rua e sem receber setembro, vão trabalhar de graça pois é preciso juntar dinheiro para fechar a contabilidade no fim do mandato.

ILHÉUS NÃO VAI SER MAIS LABORATÓRIO DE EXPERIÊNCIAS DESASTROSAS.

Jabes e Cacá têm o apoio de quem vive nos altos de Ilhéus.

Visita ao Alto de São Luiz e Outeiro de São Sebastião.

Em cada bairro, distrito, vila e povoado que visita, Jabes Ribeiro (PP) é aclamado como o prefeito que tem competência administrativa e experiência política para reconduzir Ilhéus ao caminho do desenvolvimento econômico e social. Na quarta-feira, 22, foi a vez dos moradores dos Altos São Luiz e São Sebastião confirmarem o apoio a sua candidatura, recebendo com entusiasmo a comitiva da Coligação Por Amor a Ilhéus.

Jabes, o vice Cacá (PMDB), candidatos a vereador e militantes da coligação promoveram mais um corpo a corpo nas ladeiras onde vive a maioria dos ilheenses, consolidando o favoritismo do número 11 nestas eleições. O músico Diego Macedo, 28 anos, residente no conhecido Outeiro de São Sebastião enfatiza que Ilhéus está precisando de muita coisa. “Voto em Jabes por causa da sua história, só ele para tirar o atraso dessa cidade”.

A aposentada Almira Lemos, também moradora do Outeiro mostra-se indignada com a sujeira das praias. A ilheense não se conforma com o espaço que a cidade tão bonita está perdendo para Porto Seguro e Canavieiras, onde foram gravadas cenas da minissérie Gabriela. “Infelizmente, Ilhéus não tem mais os cenários exibidos na primeira vez que Gabriela foi exibida”, lamenta.

No Alto São Luiz, a dona de casa Ângela Sousa falou da confiança absoluta que sente no trabalho de Jabes. “Ele vai ser nossa salvação, se Deus quiser”. Nas visitas, predomina o descontentamento dos moradores com o descaso administrativo que impera em Ilhéus há oito anos.

UMA ENQUETE PODE BALIZAR UMA ELEIÇÃO?

Talvez sim, talvez não?

Uma enquete não é uma pesquisa, que é mais apurada, obedece padrões científicos,  matemáticos e estatísticos.

Mas serve para que o eleitor tenha uma maior aproximação do que acontece no universo eleitoral, para Prefeito e Vereadores.

Clique aqui, e dê uma olhada.

A SAÚDE EM ILHÉUS É UM ASSUNTO INCENDIÁRIO.

Na UTI.

Principalmente para quem tem rabo de palha.

JUSTIÇA DERRUBA LIMITAÇÕES AO PLANSERV.

Justiça derruba lei de limitações em atendimentos do Planserv
O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) suspendeu as limitações nos atendimentos médicos e na “coparticipação”, na qual o governo do Estado cobrava uma taxa caso o servidor excedesse o quantitativo de serviços descritos na Lei do Planserv. A Corte baiana acatou a Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) ingressada pelos partidos que fazem oposição à administração estadual – PMDB, DEM e PSDB – e derrubou os artigos 1º e 2º da Lei Estadual nº 12.351/2011. De acordo com os oposicionistas, as limitações nos atendimentos do Planserv violam artigos da Constituição do Estado da Bahia, que asseguram aos servidores públicos estaduais o direito à saúde. Em sua decisão, os desembargadores Carlos Alberto Dultra Cintra e Jerônimo dos Santos afirmaram que o direito representa prerrogativa constitucional. “Não se coaduna com o cumprimento desse dever constitucional qualquer tipo de restrição ou, como na espécie, a limitação do atendimento médico, inclusive nos casos de urgência e emergência, aos servidores públicos estaduais beneficiários do Sistema de Assistência à Saúde – Planserv”, diz a decisão. Para o deputado estadual Luciano Simões (PMDB), o governo terá que cumprir o que foi decidido. “Esperamos que o Estado tenha bom senso e cumpra a decisão judicial. Recorrer será ir de contra a saúde dos baianos”, cobrou. O parlamentar afirmou ainda que o Executivo estadual já teria conhecimento que a medida seria inconstitucional. “O governo vinha reforçando seu caixa retirando, inconstitucionalmente, dos servidores públicos estaduais. Desde o primeiro momento da votação deste projeto tínhamos a certeza da sua inconstitucionalidade. Apelamos diversas vezes para que o governador Wagner retirasse de pauta e abrisse um canal franco de diálogo com o funcionalismo público, mas isso não foi feito”, criticou. Clique aqui e veja a decisão na íntegra.

O LEITOR DENUNCIA, E A PREFEITURA CORRE PRA FAZER MUTIRÃO – SÓ VAI NO ESPORRO!

anuncie aqui

Carregando...

Tabela do Brasileirão

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
agosto 2012
D S T Q Q S S
« jul   set »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia