WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: 3/abr/2012 . 21:09

PODEM ESCULHAMBAR À VONTADE, AS CANCELAS ESTÃO ABERTAS.

MPF ARQUIVA DENÚNCIA

3/abr/2012 . 12:08 | Autor: Seu Pimenta

O 5ª Câmara de Coordenação e Revisão do Ministério Público Federal (MPF) decidiu pelo arquivamento das denúncias de irregularidades na saúde em Ilhéus. As denúncias foram feitas ao MPF no segundo semestre de 2009 pelo Conselho Municipal de Saúde. Os alvos foram o prefeito Newton Lima e a ex-secretária de Saúde, Marleide Figueiredo.

O conselho apontou possíveis irregularidades na aplicação de recursos repassados pela União ao Fundo Municipal de Saúde de Ilhéus, administrado pelo governo municipal. A decisão foi publicada na edição desta terça, 3, do Diário Oficial da União.

ESPAÇO DO LEITOR – LISTA ATUALIZADA DOS SECRETÁRIOS MUNICIPAIS DE ILHÉUS.

QUANTOS SECRETÁRIOS JÁ PASSARAM NO GOVERNO DOS COMPADRES NEWTON LIMA-VALDERICO REIS? LISTA ATUALIZADA.

 

Ilhéus deve ir para o Livro dos Recordes por promover mudanças permanentes na equipe do governo dos compadres Newton Lima-Valderico Reis. Para tirar a dúvida basta checar a lista do entra-e-sai (ou dança das cadeiras) no primeiro escalão, que começou com a dupla no PMDB, depois Newton Lima ingressa no PSB e agora é neopetista (ou seria PT de conveniência?).

 

ADMINISTRAÇÃO – Gerbson Moraes, Guilherme Scofield, João Fraga Melo, Antonio Bezerra, José Nazal, Gabriel Fonseca Ferreira (filho de Kléber Roriz) e Fernando Hughes.

GOVERNO – Luciana Reis, Alcides Kruschewsky, José Nazal, Magno Lavigne, Alisson Mendonça e Edinei Mendonça.

EDUCAÇÃO – Almir Pereira, Sebastião Maciel e Lidiney Campos.

MARAMATA – Ângela Sousa, Geersdon Ribeiro (Cobrinha) e Antonio Olímpio.

MEIO AMBIENTE – Antonio Olímpio, José Alencar e Harildon Machado Ferreira.

OBRAS – Celso Assereuy, Jorge Luiz Jasmineiro Cunha, Paulo Goulart, Marconi Queiroz e Paulo Goulart.

SERVIÇOS PÚBLICOS – Carlos Freitas e Gérson Marques.

ASSISTÊNCIA SOCIAL E TRABALHO – Augusto Macedo, Emerson Santos e Ary Silva Santos.

AÇÕES REGIONAIS – Geersdon Ribeiro (Cobrinha), Isidório Lavigne, Fernando Rosário (Zanata, irmão do falecido Abílio), Marconi Queiroz, Angelito Dias Filho e Murilo Brito.

SAÚDE – Carlos Luz, Vera Jasmineiro, Olívia, Eliene, Juliano Mota, Marleide Figueiredo, Wagner Porto, Márzio Azaro Lippi, Eduardo Santana Salomão, Antonio Rabat, Jorge Arouca, Uildson Henrique Nascimento e Alexandre Simões.

INDÚSTRIA E COMÉRCIO – Alfredo Landim, Gentil Pires, Alisson Mendonça e Jorge Bahia.

TURISMO – Raimundo Mazzei, Hermano Fahning Souza Magno, Ana Matlde e Paulo Moreira.

FAZENDA/FINANÇAS – Gilvan Tavares, Jorge Bahia e Antonio Batista.

ESPORTES – Newton Lima (era vice-prefeito) e Ivanilton Lima.

PROCURADOR GERAL DO MUNICÍPIO – Luiz Carlos Nascimento (está no cargo desde o governo de Valderico Reis).

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO – Robson Hamil, Laudicéa Carvalho-Elias Reis, Marcos Corrêa, Maurício Maron e Walmir Rosário (duas vezes no mesmo cargo. Saiu e retornou).

MOVIMENTO NEGRO UNIFICADO – SEÇÃO ILHÉUS.

O MNU – Movimento Negro Unificado, Seção-Ilhéus, vem a público manifestar profunda indignação com o episódio ocorrido no Porto de Ilhéus no dia 23 de março. Os africanos, ganeses, Samuel Ackom Kobena e Kwetku Attah, foram acusados de viajar clandestinamente no navio Celine C, do Reino Unido, que saiu da Costa do Marfim para abastecer indústrias moageiras de cacau. As cenas de maus-tratos e “tortura” sofridas pelos ganeses foram filmadas por um trabalhador do Porto do Malhado.

Tal fato, não pode ser caracterizado como uma simples (ou mais uma) imigração ilegal, há implicações históricas e sociais profundas que permitem entender a complexidade dos deslocamentos de indivíduos e/ou grupos na contemporaneidade. Conjunturas políticas e econômicas tem marcado os processos de imigração, e a globalização, tem exercido um forte papel nesse processo. Ao contrário do que se apregoa no senso comum, os fatores de expulsão dos países pobres é mais forte do que o fator de atração das sociedades pós industriais, esta posição, tem sido bastante elucidada pelos estudos afro-diaspóricos. Viajar clandestinamente em navios com destino ao Brasil tem sido uma constante nas últimas décadas, mas, o maior contingente de africanos tem entrado no Brasil legalmente e por meio de intercâmbios acadêmicos.

O Brasil, que possui a maior população negra fora do continente africano, tem representado para a África Negra um lócus por excelência de interação multicultural e de trocas simbólicas, posição singular entre as nações do atlântico negro. As condições adversas da escravidão não impediram o compartilhamento e conexões de interesses e valores comuns. A África teve um papel fundamental para a nossa formação sócio-histórica.

A juventude negra brasileira tem vivenciado esta situação de maus-tratos e violência cotidianamente, os indicadores apontam um “genocídio” de negros nas favelas e periferias. As visões estereotipadas e racistas sobre os africanos e afro-descendentes são os principais fatores para este quadro de violência.

Tortura não resolve o problema dos embarques clandestinos, a questão é política e, tal postura merece ser apurada por meio de investigações pela polícia federal.

EDSON VIEIRA

Coordenador do MNU – Ilhéus

FAZENDO POR MERECER.

Por Soeli de Oliveira

 As organizações são como impressões digitais, únicas. Cada uma tem sua história, cultura, tradições e métodos de trabalho; estes elementos, em sua totalidade, formam o clima organizacional. O conjunto das tradições (passado), das necessidades (presente) e das aspirações (visão de futuro), dá origem à cultura das organizações.

A cultura molda e explica a forma de ser, agir e reagir das instituições. Sendo assim, ao ser aceito no quadro de funcionários de uma empresa, antes de sair por aí tecendo comentários negativos, procure conhecer a sua história e a trajetória empreendedora de seus fundadores, acionistas e proprietários. Busque entender as razões que fizeram a empresa ser como ela é e a fazer as coisas como faz. Só então, tome as atitudes necessárias para corrigir os rumos, propor mudanças e construir uma nova visão de futuro.

Quem almeja fazer carreira numa organização, precisa antes de tudo compreender a sua cultura organizacional. As lideranças tendem a optar pela promoção de colaboradores cujo comportamento se coadune com seu próprio comportamento. Por outro lado, um colaborador ao optar por uma empresa espera encontrar um clima apoiador, capaz de atender as suas expectativas e necessidades econômicas e sociais.

A percepção que o colaborador tem desse clima produz em sua mente a imagem da empresa, e sabe-se que a primeira impressão é a que fica fortemente gravada. Dificilmente teremos uma segunda chance para causar uma boa impressão como no primeiro contato. Quando uma empresa trata os candidatos a emprego com pouco caso, por vezes dando-lhes um “chá de banco” na recepção, está colocando uma pá de cal encima do sonho de trabalhar numa empresa que respeita as pessoas e pela qual vale a pena se comprometer.

:: LEIA MAIS »

ESPAÇO DO LEITOR – APROPRIAÇÃO INDÉBITA.

De: Paulo santos <…@hotmail.com>
Assunto: cartão cruzeiro do sul – Prefeitura

Corpo da mensagem:
Guy, venho aqui pedir para vc publicar um pedido ou se preferir um apelo aos Secretários da Fazenda, seja ele o “Genérico” ou o “tricolor”
PAGUEM O CARTÃO CRUZEIRO DO SUL
o meu CPF está com restrição no serasa e spc desde agosto de 2011, a última fatura paga foi de abril de 2011, estamos com descontos em folha de lá até março 2012 de 11 meses e ninguem faz nada, seja sindicato ou ministério público isso é apropriação indébita, dá cadeia…

CRIME AMBIENTAL EM ILHÉUS – MATANÇA DE PÁSSAROS NA ESTAÇÃO RODOVIÁRIA.

Através de denuncia realizada pela população que reside nas proximidades da Rodoviária de Ilhéus, deslocaram até o local, uma Equipa da Delegacia de Proteção ambiental – DPA, IBAMA, Corpo de Bombeiros e CIPPA, para chegar a denuncia de mortandade de andorinhas.

Chegando ao local, foram encontradas várias andorinhas mortas e outras agonizando em virtude da aplicação de veneno na Rodoviária de Ilhéus por parte da Empresa SÓ LIMPO COMÉRCIO, SERVILOS DE DEDETIZAÇÃO LTDA, de Cruz das Almas/BA, contratada pela Empresa PALMA – que administra a rodoviária.

Até agora, todos estão mobilizados para salvar as andorinhas que estão ainda com vida e recolhendo outras que estão mortas em virtude do veneno. Vale lembrar que o tipo de veneno utilizado pela empresa é parecido com cola, o qual está passando de um animal para outro. Com isso, poderá aparecer outros animais mortos pela localidade, uma vez que, alguns animais estão voando com o veneno colado pelo corpo.

O IBAMA e a DPA estão avaliando o impacto ambietnal causado nas andorinhas e está sendo aberto um processo Administrativo e outro Criminal para apurar a responsabilidade das empresas e seus responsáveis, onde a multa é de R$ 500,00 por animal morto, com base no Art. 24 do Decreto 6.514/08 e também responder pelo crime ambiental com base no Art. 29 da Lei 9.605/98.

Vale lembrar, que a situação não foi pior graças as pessoas que moram, trabalham e passavam pelo local, onde denunciaram o crime ambiental.

Atenciosamente,

Dr. Humberto Matos – Delegado Titular

DIRETO DO BLOG DO THAME.

terça-feira, 3 de abril de 2012

ILHÉUS, TURISMO, PORTO E FERROVIA

Transcrevo abaixo, excelente artigo do jornalista Daniel Thame, a respeito do Porto Sul e ferrovia Oeste-Leste.

Aos que acreditam que Ilhéus tem condições de sobreviver tendo o turismo como principal atividade econômica, e que por isso mesmo pode abrir mão do Porto Sul e da Ferrovia Oeste-Leste, é de bom alvitre fazer uma visita a localidades como Ponta da Tulha, Vila Juerana, Barramares e Jóia do Atlântico.

Mal terminado o verão, cabaneiros e donos de padarias, mercadinhos, açougues, etc. já sofrem com a vertiginosa queda nos negócios. Na Ponta da Tulha, por exemplo, o dono de um mercado nem se deu ao trabalho de renovar o estoque. “Não tem ninguém pra comprar, mesmo”, disse.

No domingo, dava para contar nos dedos o número de clientes na principal barraca do Jóia do Atlântico. “Agora,só nos feriados e olhe lá”, afirmou um dos garçons.

O problema dos defensores do meio ambiente (que na maioria das vezes estão mais preocupados com o próprio bolso) é que eles olham demais para os animais e plantas que devem, sim, ser preservados.

Mas quase nunca olham (posto que dispõem de bons salários e de verbas generosas) para os seres humanos, que precisam de emprego pra levar uma vida digna.

Pra essa gente, o drama dos moradores que vivem dos empregos sazonais e sofrem com a falta de serviços básicos, é quase uma abstração.

Até porque, levam uma vida bem acima do “padrão” Ponta da Tulha, Vila Juerana, Mamoam e adjacências. E quando tem que passar por um desses locais rumo a mansões em áreas exclusivas, nada que um carrão com vidro fumê e ar condicionado não resolva…

CHAMAMENTO PARA CONTRIBUIÇÕES – O NÓ ATO HUMANO DELIBERADO.

Prezados Listeiros

O “Nó – ato humano deliberado” está começando a repercutir na mídia estadual e em pouco tempo estará também na mídia nacional. Esta onda vai crescer se nós estivermos preparados. Durante 23 anos sofremos com este crime, fizemos algumas manifestações, protestos, fomos à justiça. Mas esse, acredito eu, seja um momento único para sensibilizarmos aqueles que podem dar uma solução definitiva para a crise da lavoura. Estamos nesse momento sem nenhum recurso para tocar a divulgação desta obra. Fomos capazes de com apenas R$60.000,00 fazer um filme de 78 minutos que normalmente custaria algo em torno de R$200.000,00. Isso, sem vender para políticos e alguns espertos de plantão , contando com a ajuda única dos produtores de cacau, o que por si só valoriza ainda mais este feito, pois nosso partido é o cacau. Precisamos nesse momento  DIVIDIR E MULTIPLICAR. Dividir a tarefa de fazer  desse filme um sucesso mundial e multiplicar a participação em angariar recursos para isso. Peço que cada um use sua rede de relacionamentos na multiplicação das ações e na arrecadação desses fundos. Doe o que puder e faça com que outros doem também. Isso tem que ser feito já, antes que toda essa onda passe e percamos o bonde dessa história. Não podemos ter que ficar lamentando isso no futuro, o momento é AGORA!!!
Os recursos serão aplicados em confecção de DVD’s, Camisas, adesivos, cartazes. Serão necessárias diversas apresentações nos 4 cantos dessa região, em Salvador(Salão do Chocolate), São Paulo, Rio de Janeiro na Rio + 20, Brasília(Câmara e Senado), festival de cinema de Gramado. Depois partiremos para a divulgação no exterior. Faremos divulgação em jornais, revistas especializadas, televisão, blogs, Youtube, etc. Teremos gastos com viagens e hospedagens, materiais gráficos, matérias na imprensa, gastos nas apresentações. E isso tudo tem que ser feito nesse momento, de uma só vez, como um verdadeiro TSUNAMI.

Aguardo retorno

segue novamente os dados bancários, DIVULGUEM!!

FAVORECIDO: INSTITUTO PENSAR CACAU
AGÊNCIA: 239-9
CONTA CORRENTE: 114156-2
BRADESCO


PARQUE MARINHO PARA INGLÊS VER.

Ou para continuarem as práticas predatórias de caça e pesca ao MERO.

Foto: Google

Sim, pois falta a tal da Licença do famigerado IBAMA, esse órgão que atrasa tudo no Brasil.

Sem fiscalização de qualquer especie, fica vulnerável a toda e qualquer ação, assim como o Parque do Conduru onde foram encontradas 10.000 pés de maconha e até hoje ninguém sabe quem plantou.

As ONGs ambientalistas só servem para aparecer nos eventos, tirar fotos, dar declarações acadêmicas e depois sumirem. Nada de trabalhar pois ninguém é de ferro.

Clique aqui, e veja como atuou a ONG Floresta Viva.

anuncie aqui

Carregando...

Tabela do Brasileirão

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
abril 2012
D S T Q Q S S
« mar   maio »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia