Fonte: Editor Coluna de Turismo

Sou um admirador do Araketu, lembro-me do Araketu no carnaval de 1983. Eu saindo no “Panela Vazia”, bloco da resistência em Soterópolis, ainda maravilhado com trios, mortalhas e tantas coisas, entramos em um nó. Nas imediações do Hotel da Bahia se embolaram o “Panela Vazia” e o Araketu, ambos querendo passar onde somente poderia um, depois do empurra empurra, foi tudo solucionado, afinal era carnaval, estava ensolarado, era Bahia e estava tudo bem. Araketu do tempo de bateria e os cantores e Rainha da comunidade acima de um mini trio. Desse tempo que admiro o Araketu, curto mesmo, depois aprendi a gostar e respeitar Tatau. Lembro de assistir Tatau e o Araketu num show memorável no espaço do Cristo, aqui em Ilhéus. Este prólogo todo porque senti a falta deste talentoso artista no Carnaval de Ilhéus, como fora anunciado efusivamente pela Setur de Ilhéus, fiquei empolgado com a vinda. Recebi até press releases com a programação constando Tatau. Muitos disseram olha, ele não veio porque alegou que em Ilhéus não tem Carnaval. Achei estranho, esta postura não condiz com o histórico dele. Decidi investigar o acontecido, recorri a velhos e novos amigos na bela Salvador. Me surpreendi.

Tatau nunca esteve cogitado para vir a Ilhéus. Tatau nunca foi contratado para vir a Ilhéus pela Bahiatursa. A Setur e o Secretário Paulo Moreira venderam um peixe que nunca pescaram. Confirmado oficialmente pela Bahiatursa, as contratações sempre foram Viviani Tripodi e Tonho Matéria – perdeu o voo em Belo Horizonte- e não tocou. Anunciado de forma exclusiva também pela Coluna de Turismo.

Brincaram Com Ilhéus e seu povo, brincaram com a Bahiatursa, brincaram com Tatau. Começou errado tinha que terminar errado. Até quando?

A seguir recortes do Diario Oficial da Bahia onde, na próxima semana tratarei dos valores divulgados, os valores empenhados no DO e outras “cositas” mais.

DIÁRIO OFICIAL

                                                                                                                                                Salvador, Bahia · Terça-feira
14 de Fevereiro de 2012
Ano · XCVI · No 20.780

 RESUMO DE CONTRATO

PROCESSO Nº: 1101120000718; PARECER N°: 033/2012; TERMO DE INEXIGIBILIDADE Nº: 022/2012; CONTRATO Nº: 030/2012; INTERESSADO: ASSOCIAÇÃO SÓCIO-CULTURAL E DE CAPOEIRA, BLOCO CARNAVALESCO AFRO MANGANGÁ; OBJETO: Apresentação artística do cantor TONHO MATÉRIA, no evento “Carnaval na Terra de Jorge Amado, Amado por nós”, em Ilhéus/BA, dia 19/02/2012; VALOR GLOBAL: R$30.000,00; ASSINATURA: 10/02/2012: VIGÊNCIA: 30 dias; BASE LEGAL: Lei 9.433/05. Art. 60, III; FONTE ORÇAMENTÁRIA: 00 – Tesouro do Estado.

 

Salvador, Bahia · Sexta-feira
17 de Fevereiro de 2012
Ano · XCVI · No 20.783

PROCESSO Nº: 1101120005779; PARECER N°: 061/2012; TERMO DE INEXIGIBILIDADE Nº: 047/2012; CONTRATO Nº: 058/2012; INTERESSADO: BRILHO ESTRELAR PRODUÇÕES ARTÍSTICAS LTDA ME; OBJETO: Apresentação artística de VIVIANI TRIPODI, no Carnaval 2012, em Ilhéus/BA, dia 20/02/2012; VALOR GLOBAL: R$30.000,00; ASSINATURA: 16/02/2012: VIGÊNCIA: 30 dias; BASE LEGAL: Lei 9.433/05. Art. 60, III; FONTE ORÇAMENTÁRIA: 00 – Tesouro do Estado.