WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: 4/set/2011 . 15:56

Criação de rêmoras, denorex e manobristas: A culpa é de todos nós. (Site Brasil Vitrine)


Os nossos vereadores com raríssimas exceções, nada fazem. Melhor não tê-los.

Ganham sem trabalhar, pois as sessões são realizadas com o número mínimo do quorum estabelecido no regulamento da Casa, mesmo assim, depois da lufa-lufa, para que se “desentoquem” dos seus gabinetes, onde ficam no aguardo do início das sessões, para em seguida “raparem fora”.

São como RÊMORAS, ou “piolhos de cação”, pequenos peixes que se fixam em peixes grandes, percorrendo enormes distâncias de carona, sem nenhum esforço e ainda se alimentam dos restos de comidas que escapam de cada mordida do seu condutor. Entenda-se “resto de comidas”, como sendo, as vantagens auferidas, para se omitirem, silenciarem, ou aprovarem projetos escabrosos, reconhecidamente contra ao interesse coletivo.

Mas, além dos Vereadores Rêmoras, existem os “DENOREX” aqueles que parecem ser cumpridores das suas atribuições, mas não os são. Estes comparecem às sessões, respondem a chamada da Mesa Diretora, aguardam a leitura dos versículos bíblicos que antecede a cada sessão, e, em desrespeito ao Livro Sagrado e ao povo, saem de mansinho e desaparecerem na “buraqueira”, porque Ilhéus se transformou num buraco só.

Existem ainda os MANOBRISTAS.

Esses são os piores, porque normalmente não comparecem às sessões, mas, quando comparecem, como um raio e com a velocidade da luz retiram-se após o inicio dos trabalhos, pois a sua principal atividade é a articulação para aprovação das imoralidades públicas, quais aumento ilegal das tarifas de ônibus; GERAÇÃO DE DESEMPREGO na área de transporte urbano, com proposta de redução do quadro de cobradores; aumento ilegal dos salários dos Procuradores Jurídicos “ad nutum”; reformas administrativas malfadadas; apoio à transgressão ao Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA, no sentido de retirar da população o direito de escolher os seus Conselheiros mediante voto, para outorgar a um grupo seleto o poder de indicá-los, preterindo do certame os verdadeiros atores sociais; aprovação das contas do Prefeito todas rejeitadas pelo TCM, de maneira acintosa e violenta ao Regimento Interno da Casa e contrariedade a tudo que se pode admitir como ético.

Os MANOBRISTAS são filhos políticos de um cruzamento indevido entre “Rêmoras” e “Denorex”, tendo como agravante uma anomalia cromossômica que interfere aeticamente no seu sistema neurológico, estimulando a preguiça disfarçada através do poder de persuasão, com o único e eterno fim de enganar a população e dela tirar proveito em cada ação praticada. É uma quase psicopatia.

Mas, existe uma “MINORIA MÍNIMA” – perdoe-nos a redundância – que tenta trabalhar, cujo trabalho não surte o exitosamento desejado, justamente pelas ações opositoras das Rêmoras, dos Denorex e dos Manobristas.

:: LEIA MAIS »

OPINIÃO DE DOMINGO.

Gestão Plena da Saúde, não sei de quem foi a infeliz decisão.

Sempre achei que não iria dar certo essa centralização, explico:

A corrupção e a roubalheira grassa no Brasil, agora de maneira mais escancarada e permissiva, mas sempre existiu.

Colocar dinheiro para a Saúde nas mãos de Prefeituras corruptas, que nunca têm suas contas aprovadas pelos respectivos Tribunais de Contas, e ainda com Prefeitos traquinos ou ladrões, ia dar no que esta dando.

A Saúde Pública sucateada em todos os municípios, os gestores e apaniguados cheios de dinheiro, alguns até já ficaram milionários, e o povo igual a cachimbo, levando fumo.

É o caso de se dizer, os Municípios ficam com os bônus, e o Estado e a Federação com o ônus. Ou não?

Dra. Adna Aguiar é candidata a Presidente do TRT da Bahia – TRT 5 Região

Desembargadora Maria Adna Aguiar com o Ministro Marco Aurélio do Supremo Tribunal Federal – STF, na cerimônia de Comenda da Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho, realizada no dia 11 de agosto deste ano, no TST

 A Desembargadora Maria Adna Aguiar, atual Vice-Presidente do Tribunal Regional do Trabalho – TRT da 5° Região, concorre à Presidência desta Corte. A candidata tem exercido suas atividades profissionais sempre pautada na justiça social, atuando durante anos como Conselheira da OAB e como membro do Ministério Público do Trabalho, instituição onde foi chefe.

Há mais de 10 anos atua como Desembargadora deste TRT. Atualmente, além de Vice-Presidente, acumula as funções de Desembargadora Conciliadora do Juízo de Conciliação de 2ª Instância e de Presidente, por delegação, da Seção Especializada em Dissídios Coletivos (SDC); integrando ainda o Órgão Especial e o Pleno desta Corte.

 Anteriormente, destacou-se ainda pela atuação neste Egrégio TRT como Presidente da Seção Especializada em Dissídios Individuais (SEDI-I); Presidente da 5ª Turma; Integrante da Comissão de Jurisprudência e Precedentes Normativos; Presidente da Comissão para Qualidade do Ambiente do Trabalho do TRT-5ª Região, que serviu, inclusive, de inspiração ao atual Comitê de Saúde do Trabalhador. A candidata está sempre atenta à necessidade de manter-se atualizada para o melhor exercício de suas funções, participando de inúmeros Congressos Jurídicos, especialmente os da AMATRA. Além disso, desempenhou outras relevantes atribuições, todas elas com zelo, dedicação e reconhecida competência.

A Desembargadora Vice-Presidente está credenciada, portanto, para ser a nova presidente desta Corte.

contador free


Webtiva.com // webdesign da Bahia

setembro 2011
D S T Q Q S S
« ago   out »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia