De: Morador Do oiteiro
Assunto:

Corpo da mensagem:
Seu Sarrafo;
Venho pedir espaço nesse conceituado blog para pedir. Pedir pelos jovens de nossa cidade, onde as drogas estão tomando conta. Como não posso ver a cidade toda e sim apenas ler as notícias, decidi tomar uma atitude a começar pelo meu bairro o Alto São Sebastião. Área central da cidade, marco de fundação, uma comunidade pequena, onde com interesse das famílias, dos moradores os problemas podem ser resolvidos basta querer.

Atualmente, as drogas são o fator principal que está levando nossos jovens à destruição. A dependência química leva-os a matar, roubar e até mesmo a cometerem suicídios. Mas quem sofre com tudo isso é a família, cujo lar foi destruído pelo vício de um dos seus membros. As drogas estão desmoronando os sonhos e, consequentemente, acabando não só com a infância, mas também com a adolescência, que é a fase do desenvolvimento até o estágio adulto.

Aqui no Alto São Sebastião os usuários de drogas, aviões, estão em número crescente, pessoas  de outros bairro também estão vindo  a pé, carro, moto fazer uso aqui ou comprar e todo mundo faz vista grossa. Eu sei o porque, não querem  criar desentendimentos com vizinhos e amigos pois em sua maioria são conhecidos desde a infância ou até mesmo tem algum tipo de parentesco. Homens e mulheres adultos e pais de família também fazem uso no mínimo de maconha logo acham normal que os jovens também usem. Policiamento ostensivo, rondas principalmente a noite e finais de semanas pela Igrejinha Nossa S. de Lourdes, e ruas adjacentes, palestras no bairro orientando os orientando os pais de como procederem , como investigarem e agirem com seus filhos. Não tenham vergonha de corrigir seus filhos, cheirar sua boca. Olhar a ponta dos dedos, corrigir os bolsos, saber deles de onde veio aquele dinheirinho mesmo sendo uma merreca. Tudo isso é normal é amor, é dedicação. Existem famílias aqui que tem filhos adotados e no medo da rejeição deles ficam receosos e passam a mão pela cabeça e fazem ouvido de mercador. Pois eles estão no íntimo estão pedindo socorro, não os deixem ir além. Posso citar também a coisa de passar do irmão mais velho pro mais novo, um usa o outro embarca junto, existe isso aqui, os pais e as mães sabem mas tem vergonha de assumir e tratar essa doença, será que isso é amor? O Oiteiro precisa de ajuda um bairro tão pequeno, tão bucólico, de gente tão bacana, todo mundo quer morar aqui, e quem está  já mora aqui não quer sair. Onde estão as autoridades, tomem providências por favor.
Ajudem, denunciem, Cabe a todos nós olharmos esse fator agravante com outros olhos, sem criticá-los ou apontar-lhes o dedo dizendo: ”É vagabundo, é bandido, é ladrão…” Nunca é tarde para começar!
A juventude está pedindo socorro!
Quanto aos adultos que bancam, dão drogas aos jovens, usam os mesmos como aviões em troca de um ¨tiquin¨, eu digo; o mundo de voces  está destruído mas ainda tem volta, para Deus nada é impossível, mas mesmo que não volte não levem vidas inocentes pro buraco com vocês, ponham a mão na consciência e parem. QUE DROGA ESSA DROGA!