WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: 14/jul/2011 . 23:16

MOTOCICLISTAS E MOTOQUEIROS – A DIFERENÇA.

Olá galera! Quem aparece por aqui no ShockMotors pra dar uma ilustrada nos assuntos relacionados a motociclismo sou eu: Marcos Faria.
Esse post de estréia vai cutucar muita gente e parte de uma dúvida mór desse ramo do motociclismo: Motoqueiro ou Motociclista?
Deixo claro que não existem artigos que definem o que é um ou outro. A visão sobre esse assunto vai de cabeça para cabeça e o que será escrito aqui expressa a minha opinião partindo da vivência nas ruas e em redes sociais.
De acordo com o Michaelis:
mo.to.quei.ro
adj+sm (motoca+eiro) gír Diz-se do, ou o que anda de motocicleta.
mo.to.ci.clis.ta
s m+f (moto5+ciclo2+ista) Pessoa que conduz uma motocicleta.
Trocando em miúdos, no português claro, a diferença entre ambos é nula. Mas na prática a coisa não funciona assim.

 

De acordo com os que se dizem mais tradicionalistas, motociclista é aquele que usa tua moto de forma consciente, sem atrapalhar os outros, aquele que não atrapalha o trafego nem o convivio entre aqueles que fazem uso do mesmo. Trocando mais uma vez em miúdos, seria o bonzinho da coisa toda.
Também segundo os mesmos tradicionalistas, motoqueiros são os “vilões”. Aqueles egoístas, que vivem em prol do próprio motor e não estão nem aí para aquilo que os rodeia. Aqueles que distribuem buzininhas por aí, pegam corredores extreitísssimos, quebram retrovisores, realizam conversões proibidas, empinam suas motos e são odiados por todos aqueles que querem trafegar de forma segura.

Ah, então o tiozão da Harley Davidson é a típica figura do motociclista e o motoboy com sua CG 150cc é o típico motoqueiro? Bem, aí é que nós fugimos do pessoal e partimos pra algo que deveria ser de um senso comum: O não preconceito.
Não posso negar que sim, essas figuras ilustram bem o que pode ser um ou outro, mas apenas porque criou-se um estereótipo ao longo do tempo. Julgar um ou outro por características como moto, roupa, profissão ou mesmo atitude é idiotice.

Para mim, motoqueiros e motociclistas trocam de papéis todos os dias, dependendo da necessidade de cada um. Cansei de ver os que se dizem “motociclistas” atrapalhando o trânsito e causando arruaça, assim como já vi muito taxado “motoqueiro” dar show de pilotagem e educação no trânsito. A diferença entre motoqueiros e motociclistas fica apenas na palavra. Motociclista soa mais bonito e sério.

O conselho que eu deixo nesse primeiro post é: Não interessa se você é motoqueiro ou motociclista, use a moto pra trabalhar ou viajar, tenha uma Café Racer ou uma Trail, pilote por prazer ou apenas por necessidade. Esqueça os rótulos, faça o possível para pilotar sempre com prudência e responsabilidade.

NEM VOU COMENTAR.

DILMA NÃO É LULA.

Dilma e Lula.

Lula era um sindicalista tipo paizão, e no seu governo Centrais Sindicais e Sindicatos nadaram de braçadas, pintaram e bordaram, cresceram e multiplicaram-se como ervas daninhas.

Dilma não, é uma técnica com visão pragmática.

Já podemos notar uma mudança de posicionamento. As festividades do 1º de maio foram ‘xôxas’.

As Centrais Sindicais e os Sindicatos doravante vão ter que abandonar a politicagem, e voltar ao seu principal objetivo, defender e cuidar dos interesses dos trabalhadores sindicalizados.

E o Governo Federal exercer um maior controle na prestação de contas, e aplicação dos recursos do FAT – Fundo de Amparo ao Trabalhador, pois é aí que começa a lambança, e qualquer canela sêca quer ser presidente de uma ou do outro.

AVALIAÇÃO DO SENADO POR WALTER PINHEIRO.

Pinheiro avalia atuação do Senado no primeiro semestre

O senador Walter Pinheiro (PT-BA) avaliou o primeiro semestre do Senado como um período de produção legislativa de qualidade associada aos programas sociais e projetos do governo federal e de grande interesse do País. “O Brasil sem Miséria foi vinculado a outros projetos e discussões no Senado, porque não só se combate a miséria com políticas de assistência, levando recursos, mas efetivamente levar infraestrutura para o desenvolvimento”, exemplificou o senador.
Ele citou o papel da Comissão de Ciência e Tecnologia na concretização do Plano Nacional de Banda Larga com o ganho de incluir 30 milhões de brasileiros que vivem nas zonas rurais, a partir do leilão da faixa de freqüência de 450 Mhz. Outras questões também foram elencadas pelo senador, como a ampliação do Programa Minha Casa, Minha Vida; a Copa 2014; a política de reajuste do salário mínimo; e o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico (Pronatec).
Pinheiro cobrou a divulgação do desempenho dos colegiados da Casa, como os debates que se sucederam, na manhã desta quinta-feira (14), nas comissões de Infraestrutura, de Relações Exteriores, de Agricultura, e de Assuntos Sociais. “Não se pode medir produtividade nesta Casa pela quantidade de leis aprovadas porque esse não é um bom parâmetro”, disse o parlamentar, que fez questão de elencar, entre os desafios para o próximo período, o PL 116 (que autoriza a entrada das teles no mercado de TV por assinatura), o PL 41 (que regulamenta o acesso a informações públicas), além dos debates sobre a reforma tributária e os royalties e aplicação dos recursos do pré-sal.

AÇÕES DO CONSELHO COMUNITÁRIO DE SEGURANÇA DE ILHÉUS – CENTRO E ADJACÊNCIAS – EM CONJUNTO COM O JUDICIÁRIO E AUTORIDADES POLICIAIS

Clique aqui.

ZUM ZUM ZUM DO CALÇADÃO.

Hoje quase tenho um ‘constipiu’ de tanto dar risada, quando soube que o antes modesto e centrado Yolando Souza, após sua eleição no Conselho Municipal de Saúde de Ilhéus, agora só admite ser chamado de Senhor Presidente.

Qualquer outro tratamento é ignorado. Definitivamente, subiu no salto.

NÃO QUERO VER ILHÉUS CHEGAR A ESTE PONTO.

Não quero ver Ilhéus desacreditada e chamada de velhaca.

O calote com o fornecedor de refeições para a Secretária de Saúde já passam dos 70 mil reais.

A LEI DOS MÉDIOS E O PIG.

PT queria a Ley de Médios mas tem medo da Globo

Publicado em 14/07/2011  Conversa Afiada

Senador Jorge Viana, o problema não é a Helena

Saiu na Folha (*), pág. A10:

“Senadores do PT criticam a área de Comunicação”

Alguns senadores jantaram com as ministras Ideli Salvatti e Gleisi Hoffmann para reclamar da Ministra Helena Chagas, da Comunicação.

Reclamam porque o Governo da Presidenta não consegue emplacar a “agenda positiva”.

E dão como exemplo o programa “Brasil sem Miséria” – aqui neste blog ansioso exposto numa entrevista com a Ministra Tereza Campello.

É um “programa maravilhoso”, diz o senador Jorge Viana. “Mas precisamos divulgá-lo mais”.

NavalhaNão adianta botar a culpa na Helena, Senador.

O PiG (*) foi quem decidiu boicotar o “Brasil sem Miséria”.

Gastou mais tempo a discutir “a linha da miséria”, a partir de que ponto alguém é “miserável” – uma filigrana acadêmica – do que o programa propriamente dito.

Assim será, senador: sempre.

A Ministra Helena Chagas pode chamar o Tiririca, a Glória Pires, o Bono – quem ela quiser para “vender” o Brasil sem Miséria, que o PiG (*) não vai deixar passar.

É o Muro do Silêncio, em outras partes chamado de Muro da Vergonha.

Se o Ali Kamel não quiser, senador, o programa não vai ao Acre.

Então, em lugar de reclamar da Helena Chagas, seria melhor a bancada do PT no Senado ir pra cima do Ministro Bernardo e arrancar uma Ley de Medios.

Veja que, como diz o Laurindo Lalo Leal Filho, a Ley de Médios já vale na Argentina: a Cristina Kirchner já começou a abrir o mercado de concessões de televisão.

Começou a fazer nas telecomunicações o que o CADE fez com a BRFoods: monopólio para prejudicar o consumidor, não.

E a Cristina vai entregar metade das novas concessões a instituições não empresariais.

Mas, lá na Argentina, a democracia pega mais firme.

Os torturadores do regime militar estão na cadeia.

O Nestor Kirchner demitiu os ministros da Suprema Corte nomeados pelo Menem …

Senador Jorge Vianna, dê um pulo a Buenos Aires.

É sempre uma viagem adorável.

Ah, que inveja da Argentina !


Paulo Henrique Amorim

(*) Em nenhuma democracia séria do mundo, jornais conservadores, de baixa qualidade técnica e até sensacionalistas, e uma única rede de televisão têm a importância que têm no Brasil. Eles se transformaram num partido político – o PiG, Partido da Imprensa Golpista.

CEMEPI EM ITABUNA PODE FECHAR.

CEMEPI - ITABUNA

População de Itabuna organiza manifestação pelo

não fechamento do centro médico pediátrico

 

Uma grande passeata será realizada amanhã (14) à tarde em Itabuna em apoio ao Centro Médico Pediátrico de Itabuna – Cemepi, que está prestes a fechar as portas por enfrentar dificuldades financeiras. A concentração será a partir das 15 horas, na Praça Jardim do Ó e os manifestantes sairão em passeata pela Avenida Cinquentenário, num percurso de aproximadamente 1 km até a Praça Adamy. A previsão de um dos organizadores, Nailton Sales, é que o movimento tenha a participação de creches e escolas públicas, cujas crianças são assistidas pelo Cemepi. O deputado Augusto Castro, que tem buscado sensibilizar o governo do Estado para destinar recursos para essa unidade médica, também participará da mobilização.

Na quinta-feira passada (07) uma manifestação foi realizada defronte ao centro médico, com a participação de funcionários, médicos, do deputado estadual Augusto Castro e de vereadores de Itabuna. O atendimento ocorreu sem interrupções. Com 43 anos de serviço prestado e o único no município com atendimento pediátrico 100% pelo Sistema Único de Saúde, o Cemepi tem recebido o repasse de apenas R$ 130 mil do SUS, quando tem uma despesa mensal de R$ 200 mil. A unidade de saúde é responsável por 5 mil consultas mês e 200 internações também mensais, atendendo crianças de outros municípios localizados em um raio de até 120 km de distância de Itabuna.

O deputado Augusto Castro vem insistindo com o secretário de Saúde do Estado, Jorge Solla, e o secretário de Relações Institucionais, César Lisboa, pedindo o apoio para garantir a manutenção dos serviços do Cemepi. “ Alguma forma tem que ser encontrada pelo Estado para impedir que o Cemepi continue atendendo as crianças de Itabuna e de toda a região”, alerta o parlamentar.

:: LEIA MAIS »

MEMÓRIAS DO RIO CACHOEIRA.

Foto: Vitor Aziz.

Projeto Memórias do Rio Cachoeira recebe colaborações

A produção do projeto Memórias do Rio Cachoeira (MRC) está a todo vapor. Às vésperas dos 101 anos de emancipação de Itabuna, o MRC se prepara para registrar a memória cultural da cidade, especialmente a sua relação com o rio. Para isso, une poesia, música e cinema. O projeto passa por algumas etapas, são elas:

• A gravação de um CD com 12 faixas, que trará poemas de diversos autores itabunenses, musicados pela Banda Manzuá. Os poemas selecionados conferem a essência das memórias dos escritores/poetas relacionadas ao Rio Cachoeira. Sem contar a musicalidade distinta dessa banda sul baiana, que traz em sua proposta um universo sonoro misturado, o que a enquadra e destaca no cenário musical da região.

• A filmagem de um DVD documentário sobre aspectos da história do Cachoeira com o povo itabunense. Aqui, serão utilizados como elementos narrativos os poemas musicados pela Banda Manzuá, gerando, assim, uma trilha sonora original e inédita.

Neste momento, a banda Manzuá está em estúdio gravando as músicas, depois de meses de um belo trabalho de composição. A filmagem do documentário está prevista para agosto. A produção está em fase de pesquisa e também busca por pessoas que queiram contar a sua história e relação com o Cachoeira.

 

O Memórias do Rio Cachoeira visa contribuir para o enriquecimento do acervo áudio e visual local. É uma realização do Núcleo de Produções Artísticas (NúProArt), da Panorâmica Produções e da banda Manzuá.  É vencedor do edital nº 05/2009 de Apoio a Produção de conteúdo em música no Estado da Bahia, através da Secretaria de Cultura – SECULT, Fundo de Cultura da Bahia e da Fundação Cultural do Estado da Bahia – FUNCEB. Acompanhe o projeto no site: www.memoriasdocachoeira.blogspot.com

Festa de lançamento – você pode colaborar com a produção deste evento

 

:: LEIA MAIS »

anuncie aqui

Carregando...

Tabela do Brasileirão

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
julho 2011
D S T Q Q S S
« jun   ago »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia