WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


ZUM ZUM ZUM NO CALÇADÃO.

Hoje no Calçadão da Paranaguá, um forte cheiro, acido, sufocante e nauseabundo.

Descobriu-se que era naftalina das camisas dos vascaínos, guardadas a tantos anos no fundo do armário.

Gozações à parte, parabéns ao VASCO, que se junta ao FLAMENGO, time ganhador de títulos.

7 respostas para “ZUM ZUM ZUM NO CALÇADÃO.”

  • NOTARIUS says:

    Blogueiro,
    Me parece que o time da caravela, foi vice do fla.
    Desejo que eles nunca se esqueçam disso. Notarius

  • Souza Neto says:

    Ontem à noite, pensei que ainda estava morando no Rio, tal o bafafá de fogos e buzinas que ouvi. Mas, depois, caí na real… estava mesmo em Ilhéus, Bahia. Era simplesmente alguns “cariocas do brejo” festejando o resultado alheio!

  • siloe says:

    Notarius ou otário com certeza deve ser a mesma imundice, talvez um urubu morto e fedorento numa poça de sangue, quanto ao souza neto, lave sua boca pr4a falar do Vascão, pois se conhecesse um pouco dahistoria recente do Brasil,saberia que este clube foi responsável pelo primeiro título importante do futebol brasileiro, e que da tribuna de honra do seu estádio presidente Vargas promulgou a CLT, além de ser o primeiro clube a permitir que negros e pobres pudessem jogar futebol.

  • VICE says:

    Hoje encontrei um vascaino que não sabia se pulava, gritava e dando abraços, parecendo criança que a + de 11 anos não ganhava um presente e repente parou na minha frente e falando sozinho fez uma indagação, perdemos o jogo e nós fomos VICE de quem???? É o costume, perdão. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!

  • nao sou carioca says:

    Para todos voces, torcedores de times cariocas, paulistas e outros, tomem como referencia a celebre frase do SOUZA NETO: “Era simplesmente alguns “cariocas do brejo” festejando o resultado alheio!”.

  • Souza Neto says:

    Para “não sou carioca”

    Às vezes, me sinto envergonhado… Não de ser nordestino, mas de ver nordestinos com essas preferências e esquecendo-se de como somos tratados por gente do Sul e Sudeste.

    Morei 31 anos no Rio. Não debaixo de um viaduto nem nas alturas de um morro, nem tampouco na Baixada ou nos arrabaldes do Rio. “Derrotei” os cariocas em todas as contendas intelectuais que disputei com eles. Em concursos, exames, resultados finais de cursos; sempre estive entre os três primeiros. Ingressei numa Força como recruta e saí como oficial superior. Quando deixei a ativa, possuía um curso universitário e hoje continuo na labuta dentro de uma sala de aula, pra ver se consigo mudar alguma coisa por aqui.

    Tenho orgulho de ser bahiano e nordestino… De ter nascido debaixo de um secador de cacau, para depois vencer o mundo!

    No Rio, tem duas cariocas que me amam mais do qualquer coisa na vida. São originárias de dois gametas bahianos.

    Jamais desprezarei o que quer que seja da minha terra, pra valorizar o alheio, como fazem os “tapados” que torcem para clubes do Rio de Janeiro, em detrimento daqueles que são da Bahia.

    Eles me envergonham!

  • Souza Neto says:

    O Guy Valério está fora dessa. Ele nasceu eu Olaria, portanto, torcer para um clube carioca é normal.

Deixe seu comentário

anuncie aqui

Carregando...

Tabela do Brasileirão

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
junho 2011
D S T Q Q S S
« maio   jul »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia