WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: abr/2011

A ARRANCADA COMUNISTA EM ITABUNA.

PC do B - Partido Comunista do Brasil.

Parece que dessa vez a coisa vai.

Sena, Wenceslau e Davidson Magalhães, trabalham e lutam para ganhar a posição de candidato a Prefeito de Itabuna, e os avanços são a olhos vistos.

Mas eles não perdem nunca, o que é importante, o espirito de equipe.

OS MALEFÍCIOS DO VOTO OBRIGATÓRIO.

O eleitor é obrigado a enfrentar a burocracia para tirar o Titulo de Eleitor, no dia da eleição é obrigado a enfrentar fila, calor, sêde, dor de barriga e o iscambau….

Já retado da vida, quando chega em frente a urna, pensa:

-Vou votar em qualquer desgraça.

E é por isso que gente sem noção do ridículo, consegue se eleger.

Deputado Santana, exemplo de um parlamentar sem noção. Pobre de quem votou nele.

A DÚVIDA DO PREFEITO NEWTON LIMA.

Newton e Marão.

Ele vai apoiar o seu vice Mário Alexandre, ou Bebeto Galvão, que é do seu partido o PSB?

Bebeto Galvão (PSB).

O QUE VEM A SER UM VETOR DE DESENVOLVIMENTO.

Mina de Níquel, da Mirabela, em Itagibá - Bahia.

Quando da inauguração dessa mina, encontrei 4 ilheenses trabalhando lá, somente dos que eu conhecia, não sei se tinham mais.

Além disso, era flagrante o ânimo da população de Ipiaú e Itagibá com o aumento dos negócios, seja no comércio quanto no ramo de serviços.

Foi um impulso no desenvolvimento e geração de empregos, diretos e indiretos para aquela região.

EXPOSIÇÃO DE FOTOS NO FESTIVAL SONS & SABORES.

Pessoas, lugares e alimentos serão expostos em fotografias no Festival Ilhéus Sons & Sabores do Mar.

 

Fotos Anabel Mascarenhas, Maurício Maron. Montagem R2cpress

Além de um variado cardápio gastronômico e musical, que vai do camarão na moranga às massas, e de Seu Jorge e Adelmário Coelho aos artistas e bandas regionais, o Festival Ilhéus Sons & Sabores do Mar, que acontece em Ilhéus, sul do estado, no período de 20 a 24 de abril, apresentará duas belas exposições fotográficas na área do estacionamento do Centro de Convenções do município. A comunicóloga Anabel Mascarenhas expõe, já no pórtico de entrada do evento, as cores, a beleza e a variedade de produtos que são comercializados na Feirinha do Guanabara, localizada na área central de Ilhéus.

“Foram mais de 300 fotografias, para delas extrair 30”, explica Anabel Mascarenhas o desafio que foi fazer a seleção. Segundo a autora, na escolha das imagens veio a percepção de que a feira é especializada em comida baiana. “Vejam só: Peixes os mais variados, camarão fresco e seco, mariscos diversos, dendê, côco seco (ralado na hora), todos os temperos, andu, feijão verde, de corda e fradinho, pimenta, e até a palha de bananeira, limpinha e já cortada, para enrolar o abará”, explica.

Anabel lembra que é fato corrente que a gente começa a comer com os olhos. “Se a comida for “bonita”, o prazer de comer já começa no olhar. E a cor da comida tradicional baiana é a cor do azeite de dendê, aliviada pelo branco do leite de côco e incrementada com as pimentas dos mais variados tipos: “doces” ou ardentes, de cheiro, malagueta… Depois de olhar, o cheiro completa a preparação para o sabor”, destaca.

Já no ambiente especialmente reservado para a exposição fotográfica, o jornalista Maurício Maron revela em suas lentes pessoas e lugares conhecidos por ele ao longo de 25 anos de profissão, no trabalho intitulado “Revelação: 25 anos de jornalismo de quem saiu para escrever e resolveu também fotografar”.

:: LEIA MAIS »

MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O PROJETO DA LAGOA ENCANTADA.

Trecho da Lagoa Encantada. Foto Pimenta na Muqueca.

Olá!

Esta reunião de amanhã é o início da fase final dos trabalhos da Parkia neste projeto.
Faremos, a partir de 18/4, diversas consultas às mesmas instituições com quem conversamos em agosto de 2010 (ATIL, prefeitura, comunidades…). A apresentação ocorrida na prefeitura em 27/8 foi uma destas reuniões e muita coisa foi acrescentada à proposta, outras mudaram bastante, conforme previa a metodologia.
Agora, além de serem apresentados aos detalhes (descrição completa e cronograma físico-financeiro) das ações, todos vão conhecer o material de comunicação criado para conquistar empresas que patrocinem os 17 programas previstos.
Amanhã, então, será um dia importante.
Precisamos que todos compreendam a proposta e isto não é uma tarefa simples, pois terão que ouvir, ler, perguntar, participar. Sem conceitos pré-definidos, sem vaidades, com verdadeiro interesse em dissolver nossa extensa rede de conflitos.
Todas as ferramentas de comunicação serão imprescindíveis!
Grande abraço e até lá!
Fred
—-
Amigos e empresários do turismo de Ilhéus, chegou a hora de conhecer o projeto da Parkia Consultoria para a região da Lagoa Encantada!
Nesta segunda-feira, 18/4, às 8:30 hs (pontualmente!), na Pousada La Dolce Vita.

FOTOS DE ILHÉUS DO PASSADO.

O QUE SERÁ QUE ME DÁ? – FUTEBOL E A GLOBO.

Os 13 gols contra o torcedor

Clique e leia.

PROJETO DA LAGOA ENCANTADA APRESENTADO AO GOVERNO MUNICIPAL.

Em Ilhéus, projeto de revitalização da Lagoa 

Encantada é apresentado ao governo municipal

Data: 27/08/2010 Hora: 13:47:17

O projeto de revitalização social, ambiental, econômica e urbanística da área que se encontra sob a influência da Lagoa Encantada foi apresentado nesta quinta-feira (26) a vários membros do governo municipal pelo arquiteto urbanista e autor do trabalho, Frederico Costacurta.
A apresentação, que aconteceu no salão nobre do Palácio Paranaguá, contou com a presença de representantes das secretarias de Governo, Turismo, Educação, Meio Ambiente e Planejamento, bem como da Procuradoria Jurídica e da chefia de Gabinete da Prefeitura de Ilhéus.

Durante sua exposição, Frederico Costacurta afirmou que a principal finalidade do projeto é inserir a Lagoa Encantada e sua região de influência no mercado internacional de ecoturismo.

O arquiteto completou que “com essa proposta central, estaremos, obviamente, atingindo objetivos específicos, como a melhoria da qualidade de vida das populações envolvidas, a recuperação e a preservação do patrimônio sócio-ambiental, e a criação de modelo de turismo verdadeiramente voltado para as comunidades locais”.

Após falar sobre o início do projeto em 2003, bem como sobre as dificuldades para captar recursos, o arquiteto da Parkia Consultoria revelou que a Bahia Mineração decidiu bancar toda a parte de formatação do trabalho e a execução de um de seus eixos. “Por esta formatação devemos entender a descrição dos 15 programas existentes, a projeção do sistema, o dimensionamento da equipe técnica, a listagem dos equipamentos necessários e o orçamento de todos os custos envolvidos”, explica Costacurta.

Ainda, segundo ele, a Bahia Mineração também decidiu bancar o eixo educacional, que inclui três programas: suporte às escolas, educação ambiental e centro de cultura e esporte. Eixos – Além da educação, o projeto de revitalização da área de influência da Lagoa Encantada possui outros quatro eixos: gestão, ecoturismo, qualidade de vida e ocupação e renda.

Entre os programas, destacam-se a gestão de resíduos sólidos, a formação de comitê gestor (responsável pelo marketing, administração e recursos humanos), o desenvolvimento de esportes náuticos e a criação da Central de Artesanato de Sambaituba. Frederico Costacurta informa que o trabalho de formatação teve início no mês passado e deve ser concluído em outubro. “A partir daí, estaremos buscando novos patrocínios capazes de viabilizar o restante do projeto”, adianta, acrescentando que a prospecção de recursos conta com o auxílio de esforço de comunicação, incluindo uma página na internet, a apresentação de vídeos e a distribuição de materiais promocionais.

“É importante salientar também que, uma vez colocado em prática, esse projeto será gerido pelas próprias populações envolvidas, através de instrumentos que ainda estão sendo analisados, como  associação ou cooperativa, realidade que, obviamente, envolve um prévio e permanente processo de capacitação”, esclarece. Segundo o arquiteto, outro diferencial reside no fato de que o trabalho não é uma iniciativa isolada, ou seja, apesar de independentes, os programas são interligados.

Foto Clodoaldo Ribeiro

HUMOR – PIADAS QUE ROLAM NA NET.

N A R I Z T U P I D O**

No Interior de Minas, um casal de amigos caminhava pelo pasto de uma fazenda, até que viram um cavalo transando com uma égua, e a amiga logo perguntou… .
– Carzarbertoo…, o que é aquilo?
– Elis tão casalano, sô! A égua tá no cio, o cavalo percebeu isso e ta mandano brasa!!!
– Mais cumé co cavalo sabe que ela tá no cio, Arbertoo?
– Aaara!!, é co cavalo sente o cheiro da égua no cio, sô!
Passaram mais adiante, e tinha um bode transando com uma cabra, e a amiga perguntou de novo, e o Amigo deu a mesma resposta.
Mais na frente, lá estava um boi pegando uma vaca, e ela tornou a perguntar, e ele deu a mesma resposta: que o boi também sentia o cheiro da vaca no cio.
Foi aí que a amiga perguntou:
– Ô Carzalbertoo, se eu perguntá uma coisa pr’ocê, ocê jura que num vai ficá chatiado?
– Craro que não, miga! Ocê pode perguntá!
– OCÊ TÁ COM O NARIZTUPIDO?

*****

O marido chega para a esposa e pergunta:
– Querida, seja sincera…
O que você faria se eu ganhasse na loteria?
E a esposa respondeu:
– Com toda sinceridade do mundo, eu pegaria metade da grana, que tenho por direito e iria procurar outro marido, você já era.
Ai o marido pegou o bilhete:
– Taí, ganhei 12 reais na Lotofácil. Pega 6 conto e vaza, “miséra”…

******

COISA RUIM

:: LEIA MAIS »

DEFINIÇÕES GENIAIS – HUMOR.

ARTIGO DO DEPUTADO FEDERAL JOSIAS GOMES.

Sem Terras na Bahia: diálogo do governo irrita nostálgicos do autoritarismo

 

Deputado Josias Gomes

Josias Gomes

Parte da chamada Grande Imprensa parece considerar que o tratamento a ser dispensado aos movimentos sociais tenha que continuar sendo o da repressão. Neste sentido, pouca diferença há entre esses setores da imprensa e os mais empedernidos defensores do autoritarismo no tratamento a ser dado às reivindicações populares.

Trabalhadores do Movimento Sem Terra, acampados na Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária da Bahia estão sendo atendidos pelo governo baiano em suas necessidades mínimas de alimentação e higiene. Bastou isso para que esse setor da Imprensa investisse contra o governo Jacques Wagner, em ataques furibundos.

Primeiro deixar claro o meu apoio à resolução do governo da Bahia, que, mais uma vez, resolveu amparar com medidas humanitárias o Movimento Sem Terras. Por mais que persista certa nostalgia dos tempos da repressão pura e simples aos movimentos de trabalhadores, o Brasil consolidou o regime democrático, sem retrocessos possíveis.

Por conta dessa democracia reinante, e que tanto incomoda antigas elites dominantes, é que o governo Jacques Wagner procura dialogar, de forma sincera, com o Movimento Sem Terras, e qualquer outro que represente setores populares. O que implica, conforme o caso em pauta, a fornecer as mínimas condições para que os trabalhadores mantenham-se fisicamente íntegros, assim como os prédios e equipamentos públicos.

É preciso recomendar, aos insatisfeitos, que procurem reciclar idéias e conceitos sobre como deve se comportar o poder público frente à sociedade civil: não há mais espaço para reações radicais e ideológicas contra os movimentos sociais.

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
abril 2011
D S T Q Q S S
« mar   maio »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia