WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


AMBIENTALISTAS NATUREBAS NÃO, PERIGOSOS LOBBISTAS.

‘Venho através desta, informar alguns acontecimentos ocorridos nos últimos dias em Serra Grande. Estamos em etapas importantes das discussões do Plano Diretor Urbano Territorial do Distrito de Serra Grande-PRUA, esta elaboração se inscreve nos princípios metodológicos da lei Federal 10.257, de 10 de julho de 2001. A elaboração deste Plano, tem a ecovisão: Wolfgang Friedrich Reiber (Coordenador Técnico – Arquiteto Urbanista), Antônio Sérgio Pedreira Franco Sousa (Consultor Técnico – Arquiteto), Joel Melo Berbert de Carvalho (Colaboração Técnica- Engenheiro Ambiental), com o apoio: Instituto Arapyau, Instituto floresta Viva, Institoto Ynamata, acompanhamento da Prefeitura Municipal de Uruçuca, Comunidade de Serra Grande.’ Matéria completa aqui.

Analisando parte do texto do Blog Água Preta, fecha o meu raciocínio, expresso no Sarrafo, desde quando começou a pendenga do Complexo Intermodal, que não tinha nada de ambiental nessa JOGADA, que o ambientalismo estava sendo colocado como uma cortina de fumaça, para encobrir outros interesses.

O Instituto Arapyau, de Guilherme Leal da Natura, por demais conhecido durante este tempo, o Instituto Floresta Viva de Rui Rocha, também já conhecido, agora me aparece um tal Giulio querendo privatizar um mirante em Serra Grande, talvez seja um jogo de cena, para forçar um acordo no tal do Plano Diretor Urbano Territorial do Distrito de Serra Grande-PRUA, logico em conluio com a Prefeito de Uruçuca Moacyr Leite.

Querem transformar Serra Grande em uma Capitania, onde possam explorar tranquilamente seus negócios milionários, deixando a população na miséria.

Para isso, alguns ambientalistas estão sendo usados como massa de manobra, outros por esperteza e oportunismo, que serão denominados doravante de LOBBISTAS.

MODUS VIVENDIS EMPREENDIMENTOS



1 resposta para “AMBIENTALISTAS NATUREBAS NÃO, PERIGOSOS LOBBISTAS.”

  • Claudio says:

    Meu Caro Guy

    Não foi surpresa a materia da TARDE DA BAHIA sobre o possível crime de extorção praticado pelos indios contra uma empresária da destruição do meio ambiente (areal). Se os indios praticaram o suposto crime, foi porque algum lider branco orientou e deu suporte para tal pratica. Agora uma coisa que deve deixar bem claro: O intitulado Procurador Federal (não confundir com Procurador da Republica)Israel Nunes, se sua participação é como diz o noticiario do Jornal A Tarde, também indiretamente participou do suposto crime (participe), logo deve responde a um Processo Administrativo Disciplinar, uma ação de Improbidade Administrativa e também um Processo Criminal. O Procurador Chefe não pode dizer simplesmente que ele foi na condição de pessoa comum, pois, refletiu no Orgão, logo, o Chefe não pode ser omisso. Vale dizer que Procurador Autarquico pensa que ele tem autonomia como Procurador da Republica – o que também somos contrário – Dr. Israel tem que ter juizo, pensar no trabalho e se desligar do vedetismo.

Deixe seu comentário

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
abril 2011
D S T Q Q S S
« mar   maio »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia