WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: 12/abr/2011 . 22:48

NOVA POLIGONAL EM ARITAGUÁ.

Traçado por Zé Nazal.

NÃO SÃO TÃO FORTES COMO PENSAM.

Se os políticos do sul do País, ONgs e Mídia atrelada, fossem tão fortes como acham que eles são, Serra seria o Presidente da República.

Já se foi o tempo dos formadores de opinião clássicos.

DEPUTADOS ESTADUAIS ENTRAM NA LUTA PELO COMPLEXO INTERMODAL.

Augusto Castro elogia nova área para Porto Sul

A mudança do local onde será implantado o Complexo Portuário e de Serviços Porto Sul foi comemorada por Augusto Castro, vice-líder do bloco PSDB/PR na Assembleia Legislativa.  No decreto publicado nesta terça-feira (12) no Diário Oficial, o Estado declara de utilidade pública uma área de 4.830 hectares, na margem esquerda da BA-001 (sentido Ilhéus – Itacaré), na localidade de Aritaguá, em Ilhéus. Para o deputado, que foi o responsável pela instalação da Comissão Porto Sul, a mudança aponta para o desentrave do processo que levará desenvolvimento e emprego para a região Sul da Bahia. No plenário da Assembleia, Augusto Castro disse que,” a
pesar de integrar o bloco de oposição desta casa”, queria registrar aplausos ao governo do Estado, “que demonstrou respeito pelo meio ambiente e pela comunidade de Ilhéus, Itabuna e os demais municípios do Sul da Bahia”.

DEPUTADOS FEDERAIS COMEÇAM A SE MOBILIZAR PARA A RÁPIDA CONSTRUÇÃO DO COMPLEXO INTERMODAL.

Josias Gomes volta a defender Porto Sul, e elogia preocupações ambientais do governo Jacques Wagner e da sociedade civil de Ilhéus

O deputado Josias Gomes, do PT da Bahia, considera fundamental a atenção que o governo do Estado dá à construção do complexo intermodal Porto Sul, visto pelo parlamentar como “essencial ao desenvolvimento do município, e de toda a região”. Josias refere-se à reunião ocorrida nessa segunda-feira, 11, entre o Comitê de Entidades Sociais em Defesa de Ilhéus e Região (Coeso) e a Secretaria de Meio Ambiente do Estado.

Na oportunidade, foram discutidas ações voltadas ao meio ambiente e medidas compensatórias a serem implementadas a partir do funcionamento do complexo. “Essas reuniões bem demonstram a correção com que o projeto do Porto Sul está sendo encarado pela administração petista de Jacques Wagner, com todas as boas repercussões econômicas e sociais que a obra vai provocar”

À reunião, cerca de 50 pessoas integrantes de segmentos sociais e institucionais de Ilhéus e municípios vizinhos se fizeram presentes. Segundo o coordenador do Coeso, Aldircemiro Ferreira Duarte, “a população quer conhecer os projetos em execução e os que estão previstos para socializar contrapartidas sociais e ambientais voltadas à região”.

Um cronograma de ações elaboradas pela Coeso, juntamente com o Conselho do Desenvolvimento das Comunidades Rurais de Ilhéus (Condecori), está previsto, a exemplo do projeto de recuperação de  áreas degradadas do município, que pretende começar pelo entorno da Lagoa Encantada, onde serão plantadas espécies nativas da Mata Atlântica. Nesse projeto, empresas como a Bahia Mineração demonstram interesse em apoiar.

O ator Fábio Lago, natural de Ilhéus, participou da reunião e disse que o complexo Intermodal Porto Sul é uma oportunidade de geração de desenvolvimento econômico e social para a região. “Haverá impactos não só ambientais, mas na vida de cada um. Incluo-me nesse debate para sensibilizar os ilheenses de que esta é uma responsabilidade de todos e cabe a nós agarrarmos essa oportunidade, que vai gerar empregos e melhorar a autoestima dos jovens”.

Representando a Sema, o diretor de Educação Ambiental e Cidadania, Luiz Ferraro, falou sobre as iniciativas de minimização dos impactos ambientais, a exemplo da criação de Unidades de Conservação, elaboração de planos de manejos para Áreas de Proteção Ambiental, do Plano de Bacia do Rio Almada, dentre outras.

:: LEIA MAIS »

CONCORDANDO OU DISCORDANDO.

Pagando mico com prazer.

Embora alguns não concordem, mas Gusmão acertou em cheio nessa montagem.

Aqui não tem floresta, aqui não tem bio-diversidade, aqui não tem animais em extinção, aqui não tem o discurso falacioso dos pseudo-ambientalistas.

Toda a artilharia foi gasta contra a localização da Ponta da Tulha.

Lembram quando eles falavam que em qualquer lugar, mas ali não?

Lembram quando eles falavam, que só escolheram a Ponta da Tulha porque era menos custoso, mais barato?

Então, agora vão falar o que?

PAGANDO MICO COM PRAZER.

Pagando mico com prazer.

Se este é o preço que tenho que pagar, pago até um king-kong.

Pago o preço de defender o progresso e o desenvolvimento, pago o preço de defender um projeto quando ainda era chamado Hub-logístico, não era ainda Complexo Intermodal , nem mesmo Porto Sul, e piorou ainda esta ‘babaquice’ de Porto da BAMIN.

É melhor defender um projeto desde do seu início, do que pongar no meio do processo, e se tornar…

:: LEIA MAIS »

TEM MUITA GENTE AMANDO ILHÉUS

Coração Bondoso.

 

Sugestão do Sarrafo:

Amem menos e trabalhem mais.

DEPOIS QUE INVENTARAM O ‘POWER OFF’ NO CELULAR.

A GUERRA ESTÁ DECLARADA.

Antigo local será "destinado à garantia dos ativos ambientais e proteção do ecossistema natural”

O blog O Sarrafo vai cobrar, fiscalizar, e denunciar as atividades dessa Rede Sul Bahia Sustentavel, no cumprimento do que ficou determinado na nova desapropriação.

DIRETO DO POLÍTICA ET CETERA.

AMURC DISCUTE PROJETO DA REGIÃO METROPOLITANA ITABUNA-ILHÉUS

11/abr/2011 . 19:30 Principal Autor: Editor Comente
Imprima esta matéria Imprima esta matéria | Envie esta matéria Envie esta matéria | Visto 6 vezes.

Reunião de prefeitos.

A criação da região metropolitana de Itabuna e Ilhéus, que vai incluir todos os municípios até 100 quilômetros no entorno das duas cidades com uma população superior a 1,2 milhão de habitantes. Esse foi o tema discutido na Amurc, que teve a participação de oito prefeitos da região.

O encontro também tratou da participação da Amurc nas câmaras setoriais criadas pelo governo do estado, com a indicação de representantes para os diversos setores, como indústria, agricultura, infraestrutura e serviços públicos.

O ‘PEGA’, A ‘JUSTIÇA’ E O ‘ÔNUS’ DA POPULAÇÃO.

O que sobrou do terrível acontecimento?

Dois jovens mortos.

Dois jovens envolvidos no acidente, que agora vão navegar tranqüilamente nos meandros da Justiça.

E o ônus ficou para a população.

Como assim?

Foi a desculpa encontrada para a instalação dos famigerados ‘pardais’ eletrônicos, sem nenhum critério, senão vejamos:

Cruzamento Av. Canavieiras com Av. Itabuna, nunca acontecem acidentes.

Cruzamento conhecido como entrada do Malhado, também não acontecem acidentes.

Jardim Savóia, pista com lombadas redutoras de velocidade.

E agora a grande bobagem, ‘pardal’ no final de uma avenida e na cabeceira de uma ponte, essa é de morrer de rir……KKKKKKKKK.

 

CONVERSA E VIAGEM DO GOVERNADOR.

Negócios com a China rendem R$ 4 bilhões em investimentos no oeste baiano

No programa Conversa com o Governador desta terça-feira (12), gravado diretamente de Pequim, na China, Jaques Wagner destaca a assinatura do protocolo com a empresa Chongqing Red Dragonfly Oil Co., para investimentos iniciais de R$ 300 milhões de um total de R$ 4 bilhões para implementação de um parque industrial de esmagamento de soja e produção de derivados no município de Barreiras, no oeste baiano, que vai gerar 300 empregos diretos. “Eu tenho dito aos chineses que o interesse nosso não é vender o produto in natura, mas, sim, agregar valor fazendo a verticalização da cadeia”, revelou Wagner.

Único governador convidado pela presidente Dilma Rousseff para integrar sua comitiva, Wagner diz que está confiante nos resultados positivos dos encontros que tem mantido com o empresariado chinês, especialmente dos setores automotivo, minério de ferro, e ciência e tecnologia. “A receptividade à Bahia e ao Brasil tem sido muito boa, e eu creio que a gente volta com notícias muito positivas para o nosso Estado”, afirma o governador.

A intenção do Estado é atrair mais atenção dos empresários para o potencial econômico da Bahia. Por isso, uma mostra dos produtos da agricultura familiar também está acontecendo no Empório Casa Brasil, promovido pela Secretaria da Agricultura do Estado (Seagri). Produtos ainda foram expostos num restaurante da cidade.

Segundo Wagner, a Bahia hoje tem uma economia bem diversificada, “que vai desde a agricultura familiar, passando pelo agro-negócio, turismo, tecnologia, indústria e comércio”. Tudo esse panorama é por ele considerado favorável a investimento estrangeiro no estado.

“A gente tem que vir vender a Bahia para que todos possam levar investimentos, gerar mais emprego e mais riqueza. Estou trazendo desde chocolate, farinha de mandioca, mel, castanha de caju, geleia de umbu e de maracujá selvagem, a nossa comida, a nossa tradição, até grandes projetos de investimentos de infraestrutura ou na área da indústria automotiva ou da área mineral”.




contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
abril 2011
D S T Q Q S S
« mar   maio »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia