Direto no queixo.

Pra quem tinha resposta na ponta da língua para tudo, o gueto do atraso pediu ajuda aos universitários.

Pediu tempo pra pensar.

Esvaziaram o discurso contra o Complexo Intermodal na Ponta da Tulha, e com a mudança para Aritaguá, ficaram sem som e sem imagem.

Um muxoxo aqui, um esperneio ali, nada de importante.