Fábio Lago busca apoio para ação em prol do meio ambiente.

Fábio Lago

O ator Fábio Lago, juntamente com o Comitê de Entidades Sociais em Defesa de Ilhéus e Região (Coeso) e a Secretaria Municipal de Educação, deu o pontapé inicial, na manhã desta sexta-feira (08), no projeto que tem como meta reflorestar áreas degradadas do município. Tudo começou em reuniões com crianças e adolescentes das escolas nucleadas do litoral norte, onde foi lançado o concurso que irá escolher a melhor pintura, a melhor frase e a melhor redação sobre o tema “Desenvolvimento Sustentável”.

A mesma proposta foi apresentada a alunos de diversas comunidades, durante um encontro no Instituto Municipal de Educação Eusínio Lavigne (IME). No mesmo dia, houve ainda uma apresentação no Centro de Atenção Integral à Criança (Caic), no bairro Hernani Sá, zona sul de Ilhéus.

Nas escolas, Fábio Lago convocava os alunos: “vamos brincar de falar de coisa séria, a defesa do Meio Ambiente”. O chamado foi atendido pelos adolescentes, que o ator pretende transformar em agentes de preservação e conscientização ambiental. A Secretaria Municipal de Educação abraçou o projeto e será a responsável pela formatação e organização do concurso, além da seleção dos melhores trabalhos.

Paralelamente ao concurso literário, a iniciativa vai promover a recuperação de áreas degradadas.  O entorno da Lagoa Encantada será a primeira região beneficiada pelo projeto, com o plantio de espécies nativas da Mata Atlântica. O cronograma de ações está sendo elaborado pelo Coeso, juntamente com o Conselho do Desenvolvimento das Comunidades Rurais de Ilhéus (Condecori), entidade que congrega 46 associações e cooperativas de pequenos produtores.

O ator Fábio Lago foi recebido no último dia 6 pelo secretário de Meio Ambiente da Bahia, Eugênio Spengler, a quem pediu apoio para a ação ambiental. Nesta segunda-feira, 11, às 18 horas, a Sema estará representada em uma reunião na Câmara dos Vereadores de Ilhéus, quando será discutida a participação da Secretaria na campanha de reflorestamento de áreas degradadas do município.