Dr. Antonio Nogueira – CENOE.

Para que servem as lentes de contato?

As lentes foram inventadas com o objetivo principal de proporcionar aos usuários de óculos, o seu abandono. Suas vantagens, porém, vão muito mais além: elas possuem características que permitem uma visão muito mais limpa e perfeita, mesmo se a pessoa tiver um grau muito forte.

Qual a indicação das lentes de contato?

A maior indicação para o uso das lentes é a possibilidade do abandono dos óculos, geralmente por razões estéticas. Algumas vezes, há a necessidade quase que obrigatória em usá-las. Como são os casos de pessoas com graus muito fortes, bem como diferenças grandes entre os graus dos dois olhos, alguns tipos de astigmatismo (por exemplo no Ceratocone), após cirurgias refrativas e ainda em casos de esportistas, profissionais de televisão (atores por ex.) e pessoas com defeitos faciais e com alergias de pele, em que o uso dos óculos está descartado. Também já existem as lentes coloridas, para que se possa mudar a cor dos olhos, em diversos tons como verde, azul, violeta e castanho (mel).

Que tipo de grau as lentes de contato corrigem?

Elas corrigem com bastante perfeição quase todos os tipos de miopias, astigmatismos e hipermetropias e já existem, hoje, lentes que permitem o seu uso contínuo, até durante o sono, por até 30 dias.

Com que idade podemos usar lentes de contato?

Não há idade específica para o uso das lentes de contato, podendo ser usadas em crianças, jovens, adultos ou idosos, dependendo da sua adaptação e indicação. Toda pessoa candidata ao uso de lentes de contato, deverá passar por um rigoroso exame oftalmológico e teste de adaptação, para verificar se ela terá ou não condições de ter um uso sem problemas e sem riscos para seus olhos.

Como Cuidar de Sua Lente de Contato

Para o bom uso das lentes é necessária uma série de cuidados básicos que devem ser seguidos à risca pelo usuário, sob o risco de aparecerem complicações indesejáveis e até mesmo perigosas aos olhos.

À seguir, algumas recomendações importantes para o cuidado com as lentes:

– Lave bem as mãos antes de manusear as lentes. Este é um passo simples e básico. Uma mão suja com certeza irá contaminar a lente;

– Lave as lentes somente com os produtos de limpeza indicados pelo oftalmologista, seguindo rigorosamente as instruções;

– Mantenha o estojo das lentes sempre limpo, trocando-o regularmente;

– Nunca limpe as lentes com água corrente ou saliva (acredite, pois tem pessoas que a utiliza);

– Não deixe as lentes entrarem em contato com substâncias gordurosas tais como cremes, pomadas ou produtos em aerossol;

– Quando manusear as lentes sobre a pia, certifique-se que o ralo esteja tampado, para não vê-las perdidas “água abaixo”;

– Não ultrapasse o tempo de uso sugerido pelo médico;

– Sempre que os olhos irritarem demasiadamente, suspenda o uso das lentes e procure seu oftalmologista.

– Evite pegar as lentes com objetos pontiagudos ou com as unhas;

– Feche bem os olhos no banho ou ao lavar o rosto, para evitar que respingue sabonete nos mesmos;