DILMA JÁ COGITARIA MUDAR MINISTROS


08:18:10 Bahia Notícias.

Dilma e seu Ministério.

Foto: Roberto Stuckert Filho / APR
A presidente Dilma Rousseff já estaria refletindo sobre a hipótese de uma precoce mudança no seu ministério (que nasceu peco em alguns setores) antes mesmo de completar 100 dias após a sua posse. O jornal o Globo, edição deste domingo, chega com esta informação a partir de ruídos no Palácio do Planalto sobre uma avaliação informal da equipe do primeiro escalão, ressaltando que “a validade, ou prazo padrão (para mudanças) é de um ano de gestão”. Se assim for, Dilma pretende demonstrar que não fará o tipo de “Carolina na janela”, que vê a banda passar, o tempo fluir, sem nada fazer. O jornal faz alusão ao grupo que estaria  em débito com o Palácio do Planalto. Anota: “aparecem os ministros da Cultura, Ana de Hollanda, da Educação, Fernando Haddad, do Turismo, Pedro Novaes, dos Esportes, Orlando Silva, e até mesmo o ministro da Fazenda, Guido Mantega.” E  os que estão com crédito: “Com cotação alta se destacam o chefe da Casa Civil, Antonio Palocci, que está muito afinado com Dilma, e o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, que já mereceu elogios da presidente pela atuação ágil diante das tragédias ambientais pelo país.” Se acontecer a mudança bisbilhotada, a presidente irá marcar pontos. Não por mandar embora os que não servem (alguns não deveriam ter entrado, como Pedro Novaes, do Turismo), mas por marcar uma nova forma de gestão: a de resultados, não a de passar a mão na cabeça, em mimos à incompetência.

(Samuel Celestino)