JUSTIÇA CONDENA PAULO DA FORÇA POR IMPROBIDADE.

Paulinho da Força.

A Justiça Federal condenou o deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), o “Paulinho da Força”, por improbidade administrativa e irregularidades na aplicação de R$ 2,85 milhões em recursos públicos. A verba fazia parte do Programa Banco da Terra e era destinada à compra e obra de infraestrutura da Fazenda Ceres, assentamento de 72 famílias de trabalhadores rurais no município de Piraju (SP). O juiz João Batista Machado impôs, em sentença, o pagamento de multa, a ser revertida para a União, de cerca de R$ 1 milhão, equivalente ao valor do acréscimo patrimonial dos antigos proprietários do imóvel, que teriam se beneficiado com sobrepreço da venda, em 2001. A decisão cabe recurso. Ele não se manifestou sobre a condenação e alegou não ter sido informado da sentença. Informações do jornal O Estado de S. Paulo.