WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: 15/jul/2010 . 21:44

ABRAÇO NA LAGOA, AGORA ABRAÇO NA ‘CASINHA’.

Agradeço a quem possa informar, qual dessas ‘casinhas’ foi a escolhida para fazer a tão bucólica encenação.

Clique na foto para ampliar, e fazer uma melhor identificação.

WAGNER INSTALA COMITÊ POLÍTICO CENTRAL DA CAMPANHA.

Wagner dá largada à campanha e pede engajamento da militância

Um projeto de governo diferente dos adversários. Foi dessa maneira que o candidato à reeleição, Jaques Wagner classificou a gestão que desenvolveu ao longo dos mais de três anos de governo e que pretende dar continuidade após a sua reeleição. “Nós somos diferentes deles. Nosso projeto é antagônico ao outro. Eles acreditam que é preciso crescer para distribuir. O nosso projeto acredita que só podemos crescer distribuindo”.

Foi iniciada uma série de encontros regionais com prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e lideranças políticas para apresentar as propostas de campanha e as realizações feitas durante a gestão. “Essa aqui é uma reunião importante. Não se trata apenas de fazer discurso, mas sim de processo de organização da campanha para manter a continuidade do projeto na Bahia”.

Jaques Wagner chorou após a exibição do vídeo que contou a história de Zé Barbeiro. Morador de Riachão do Jacuípe, Zé trabalhou a vida inteira como barbeiro, só parando quando perdeu a visão por causa de catarata. Sua visão foi restabelecida após o programa estadual Saúde em Movimento realizar a cirurgia. “Nosso compromisso é com a maioria do povo. Para mim só vale a pena se for assim. No dia que eu deixar de me emocionar com a política eu mudo de ramo. Política é a vida e a vida das pessoas”.

Ao inaugurar o comitê central de campanha no bairro Cidade Jardim, Jaques Wagner, acompanhado dos candidatos a vice, Otto Alencar, e ao senado, Lídice da Mata e Walter Pinheiro, reafirmou que a sua vitória em outubro próximo é um aprofundamento do projeto político que foi iniciado há quatro anos.

Disse que “espero que esse local seja um templo para pensar a Bahia e fazer bem ao povo baiano”, no encerramento do evento, que reuniu militantes e lideranças políticas dos oito partidos que compõem a coligação “Pra Bahia seguir em frente” – PT, PP, PSB, PDT, PCdoB, PHS, PRB e PSL

MISSA ENCOMENDADA.

Para preservar a fonte não será divulgado o remetente do email.

Fotos tiradas hoje, por mim, durante a visita de reconhecimento da Fazenda de propriedade do Sr. Guilherme Leal, dono da empresa NATURA e atual candidato a vice-presidente da República pelo PV, junto com a ex-senadora Marina Silva.

Constatamos “in loco” que não existe na referida propriedade nenhum Desmatamento e nenhuma agressão ao meio ambiente. Tudo foi e está sendo construído seguindo as normas de Desenvolvimento Sustentável, com água recolhida das chuvas e devidamente tratadas, energia solar e, também, está sendo construído, com projeto aprovado pela Coelba, uma rede de energia elétrica subterrânea, onde passam alguns tubos e caixas de concreto, não afetando em nada o meio ambiente (tudo registrado nas fotos em anexo).

Para deslocamento na área são utilizados exclusivamente carros elétricos como os das fotos em anexo. Que não poluem e nem fazem qualquer ruído.

As Ocas e cabanas construídas, preservam todas as arvores nativas dentro dos imóveis. A própria casa do Sr. Guilherme, proprietário da Fazenda, que a utiliza apenas para descanso seu, dos 5 filhos, da esposa, da família e de alguns amigos selecionados, foi toda construída com madeira de Demolição, reaproveitada, conforme fotos em anexo, mostrando um banco e a estrutura da casa dele.

A outra área que foi denunciada por alguns veículos de comunicação, como sendo devastada, é uma praça totalmente arborizada, com mudas pequenas, algumas em crescimento, e um grande replantio de outras espécies de arvores que vieram diretamente de São Paulo.

O administrador da fazenda, técnico agrícola Guto Paraíso, garante que no local, desde quando compraram o imóvel em 2005 era somente plantação de abacaxis. “E agora está sendo feito um grande plantio de mudas já crescidas”.

Alguns membros da imprensa de Ilhéus acompanharam a nossa visita, juntamente com representantes do CONDEMA, da ONG Ação Ilhéus e de alguns Blogs mais conceituados na região.

O fato agora está totalmente esclarecido, o IBAMA que também esteve no local para fiscalização da licença e do trabalho que vem sendo feito, solicitou as devidas Licenças Ambientais e todas foram entregues devidamente autorizadas.

Não existe nenhum problema ambiental na referida Fazenda e nas suas obras de melhorias.

Leiam matéria completa, amanhã, em nosso site.

Abraços,

AEROPORTO INTERNACIONAL DE ILHÉUS.

ABRAÇA A LAGOA E ENGOLE A MATA.

Abraça a lagoa, engole a mata

Por Daniel Thame.

Há cerca de três meses, o empresário Guilherme Leal, dono da Natura e atual candidato a vice-presidente da república na chapa de Marina Silva (PV), protagonizou uma farsa.

Escudado pela Rede Globo, Leal capitaneou um abraço simbólico na Lagoa Encantada, em Ilhéus, com o claro objetivo de criar um clima desfavorável à liberação da licença ambiental para a implantação do Porto Sul.

Simbólico mesmo, porque o evento, repetido à exaustão nos telejornais da Rede Globo da Globonews, reuniu um pequeno grupo, entre artistas de segunda linha e ambientalistas contrários ao projeto.

E farsa, porque a construção do Completo Intermodal que inclui o Porto Sul, não terá impactos sobre a Lagoa Encantada, um paraíso ecológico encravado entre fazendas de cacau e remanescentes da Mata Atlântica.

Mas, entre a beleza da Lagoa Encantada e a rudeza da Ponta da Tulha, um vilarejo extremamente carente onde será implantado o Porto Sul, optou-se pelo engodo.

Para quem não é do Sul da Bahia ou desconhece o projeto (no caso, os milhões de brasileiros que assistem a Rede Globo), ficou a impressão de que o Porto Sul provocará uma espécie de apocalipse ambiental, levando de roldão a lagoa e seus possíveis encantos.

Embora, para Guilherme Leal e seus parceiros de empreitada, o que importa mesmo é inibir o Ibama, para que a licença ambiental que permitirá o início das obras não seja concedida.

O mundo gira, a lusitana roda e eis que o paladino da natureza é pego num pecadilho que, a depender dos desdobramentos, pode se revelar um pecadão.

Sabia-se, de antemão, que o interesse de Guilherme Leal, era proprietário de extensas áreas de terras em Serra Grande, próximas ao Porto Sul. Intuía-se que sua preocupação era menos com o meio-ambiente e mais com a preservação do seu próprio paraíso.

Agora, descobre-se que o empresário ecológica e socialmente responsável pode ser muito zeloso em defender o meio-ambiente dos outros, mas é, no mínimo, negligente quando se trata de cuidar do próprio quintal.

Guilherme Leal está construindo complexo residencial de alto padrão, numa área de mais de 200 hectares situada entre Serra Grande e Itacaré. A obra é realizada numa Área de Preservação Permanente, onde há dunas e restinga, e não possui autorização nem do Ibama nem do Instituto do Meio Ambiente (IMA).

No “paraíso” de Guilherme Leal, as agressões ao meio ambiente, que ele afirma serem autorizadas, são gritantes, como a retirada da mata de restinga. Fiscais do Ibama já comprovaram o desmatamento. Além disso, a construção está localizada num ponto bem próximo à barra dos rios Tijuípe e Tijuipinho.

O empresário se defende e diz que está sendo vitima de perseguição por conta de sua cruzada anti-Porto Sul, mesmo diante dos sinais evidentes da devastação provocada na natureza.

Já os ambientalistas, os mesmos que trombeteiam o fim dos tempos no bojo da chegada do Porto Sul, ou estão caladinhos ou defendem o parceiro (seria chefe?), alegando que o empreendimento se trata de um modelo de desenvolvimento sustentável.

A “cegueira” pseudo-ecológica tem lá suas razões.

Milhares de razões.

Naturalmente.

A CASINHA DE ‘TITIO’ GUILHERME.

Os ‘ambientalistas de plantão’, não perderam tempo.

Convidaram alguns membros da mídia, e mostraram a casa de ‘Titio’ Guilherme.

Clique aqui e depois em apresentação de slides.

LANÇAMENTOS IMOBILIÁRIOS.

O CIDADÃO COMEÇA A CHIAR.

A cidade de Ilhéus está suja, esburacada e pessimamente iluminada.

As secretarias responsáveis não estão cumprindo com o seu dever.

Os serviços de saúde também, continuam claudicando e não estão chegando junto, as necessidades do cidadão.

Juízo pessoal, menos ‘holofotes’ e mais trabalho.

ILEGAL,IMORAL OU ANTI-ÉTICO?

Caros Amigos.


…A documentação entregue pelos prepostos de Guilherme esta sendo analisada pelos técnicos do IBAMA, mais sabe-se, diante mão que a prefeitura de Uruçuca não esta apta a autorizar nenhum licenciamento, o Conselho da APA que é presidido por um funcionário do IMA – Instituto do Meio Ambiente que diante da pressão pode até ter aberto um precedente. A verdade é o que realmente interessa  saber é até que ponto estas pessoas tem um compromisso ético e moral com aquilo que alardeiam e pregam?

Leiam mais…em http://pactoseimpactos.blogspot.com/

Ed Ferreira
fotos.edferreira@gmail.com
fone:73 8822-1126

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
julho 2010
D S T Q Q S S
« jun   ago »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia