WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: 1/jul/2010 . 22:52

COMUNICADO POLÍTICO.

Prezados Senhores,

Venho pela presente em nome de Jabes Ribeiro, informar que: Jabes Ribeiro confirma sua candidatura a Deputado Estadual. Neste sábado as 18:30 , Jabes vai estar presente em reunião com correligionários, amigos e imprensa local Rua 19 de Março,  junto a Secretária de Serviços Social em Ilhéus.  Jabes vai confirmar sua candidatura e dar entrevista a imprensa presente.

Contamos com participação dos Blogs e Sites.

Ao tempo em que solicitamos postar a matéria.

Atenciosamente,

Melck Rabelo

Coordenação

PESQUISA ‘FANTASMA’.

Eu conhecia funcionário fantasma, e fantasmas de outros tipos, mas pesquisa fantasma, é a primeira vez.

Notícias chegadas de Salvador, dão conta que não houve essa tal pesquisa, e que foi um factóide sonhador, plantado pela oposição ao Governo, tentando desestabilizar o processo, e de quebra encher o desfile de 2 de julho, esvaziado pelo jogo do Brasil contra a Holanda, pela Copa do Mundo.

O efeito Serra de fazer trapalhadas está chegando na Bahia.

TRAMBIQUE ‘AMBIENTAL’ NO WARAPURÚ..

Ruinas do Resort Warapurú.

Só faltou dizer na reportagem, que os consultores tiveram convicções fortes como uma rocha, para burlar o EIA/RIMA e o IBAMA.

Leia tudo no blog Pactos & Impactos.

É POR ISTO QUE ‘ELES’ NÃO QUEREM O PORTO SUL.

Aldo Rebelo: a comida vai cair do céu

30 de junho de 2010

Por Aldo Rebelo (PCdoB/SP):

A autora principal do relatório é Shari Friedman, ex-funcionária do governo Clinton, quando trabalhou na Environmental Protection Agency (EPA, a Agência de Proteção Ambiental), analisando políticas domésticas de mudanças climáticas e competitividade internacional. Ela também fez parte da equipe norte-americana de negociações para o Protocolo de Kyoto, que os Estados Unidos se negaram a assinar.

O tema do relatório é a perda de competitividade da agroindústria norte-americana diante dos países tropicais, principalmente o Brasil. A tese principal do estudo é que a única forma de conter essa perda de competitividade é reduzir o aumento da oferta mundial de produtos agropecuários, restringindo a expansão da área agrícola nos países tropicais pela promoção de políticas ambientais internacionais mais duras.

Segundo o relatório, “a destruição das florestas tropicais pela produção de madeira, produtos agrícolas e gado tem levado a uma dramática expansão da produção de commodities que competem diretamente com a produção americana”. Desse modo, “a agricultura e as indústrias de produtos florestais dos Estados Unidos podem beneficiar-se financeiramente da conservação das florestas tropicais por meio de políticas climáticas”.

O estudo avalia que “acabar com o desmatamento por meio de incentivos nos Estados Unidos e da ação internacional sobre o clima pode aumentar a renda agrícola americana de US$ 190 bilhões para US$ 270 bilhões entre 2012 e 2030”. Esse aumento incluiria benefícios diretos de US$ 141 bilhões, decorrentes do aumento da produção de soja, carne, madeira e substitutos de óleo de palma, e economias indiretas de US$ 49 bilhões, em razão do menor custo da energia e de fertilizantes, pela redução das medidas compensatórias associadas à diminuição das florestas tropicais, ou seja, na medida em que os países tropicais poluírem e desmatarem menos, eles poderiam poluir e desmatar mais, sem ter de pagar por isso comprando créditos de carbono e outras medidas mitigadoras.

A candura com que eles tratam do tema é comovedora. O estudo revela que na cabeça deles não passamos mesmo de um fundo de quintal que precisa ser preservado para que eles possam destruir o resto do mundo com a consciência tranquila e, principalmente, com o bolso cheio.

:: LEIA MAIS »

RIO TINTO INVESTE 4 BILHÕES NA BAHIA

Fonte: Bahia Notícias
 
A mineradora anglo-australiana Rio Tinto Alcan vai investir de US$ 4 bilhões na Bahia para a exploração de bauxita e construção de uma refinaria de alumina em Amargosa, com a geração de 600 empregos diretos e produção de 1,8 milhões de toneladas/ano na primeira etapa de implantação do projeto.

 O anúncio foi feito hoje (30.06) pelo presidente da Rio Tinto Alcan, Ronaldo Ramos, durante audiência com o secretário da Indústria, Comércio e Mineração, James Correia.

 O investimento é resultante da descoberta de uma grande reserva de bauxita, em uma faixa de 200 km , de Jaguaquara a Vitória da Conquista. “A intenção demonstrada pela Rio Tinto Alcan reforça a certeza de que a Bahia é mesmo a bola da vez na mineração brasileira.

 E esta nova descoberta está inserida no contexto da Ferrovia Oeste-Leste e do Porto Sul, em Ilhéus. Na semana retrasada, tivemos o anúncio da pelotizadora de ferro Votorantim. A Rio Tinto é uma mineradora que opera com requisitos de gestão especial, ostenta um balanço ambiental positivo e é parceira de organizações como a WWF”, diz Correia.

 A Rio Tinto Alcan está presente em 50 países e é líder global na indústria integrada de alumínio. Possui mais de 90 mil empregados e alcançou, em 2008, um resultado financeiro de U$ 10,3 bilhões. Com a mina e refinaria na Bahia, no Baixão do Ipiúna, a empresa irá produzir 4,2 milhões de toneladas de bauxita por ano, que irão abastecer a refinaria. Além de contar com a logística da Oeste-Leste, o projeto irá se beneficiar do Complexo Porto Sul, com a exportação de alumina e a importação de soda cásutica.

SERIA MUITO BOM SE ISTO ACONTECESSE.

Se o IBAMA mandasse tecnicos a nossa região, verificar in-loco o que realmente está acontecendo, diante dessa celeuma criada por ‘ambientalistas’ contra o Complexo Intermodal.

Por certo eles ficariam abismados com tantas  mentiras, e a máscara de muita gente, dita de bem e do bem,  iriam cair.

A BRIGA ESTÁ BOA.

Fantástico perde audiência para Domingo Espetacular

O #diaSemGlobo (Dia sem Globo) está funcionando e indo além dos jogos da Copa da Mundo.

O programa Domingo Espetacular, da TV Record, já ameaça o Fantástico, da Globo.

No último domingo, registrou média de 17 pontos, contra 23 do programa global.

Foi a menor diferença de audiência entre os dois programas.

COMEÇOU A LAVAGEM DE ROUPA SUJA.

Para Jefferson, vice liga o nome de Serra ao Mensalão do DEM

Com aliado igual a Roberto Jefferson (PTB/RJ), ninguém precisa de inimigos.

Após a escolha do vice de Serra, o deputado Índio da Costa (DEMos/RJ, ex-genro de Salvatore Cacciola), Roberto Jefferson afirmou que a presença de um “demo” na chapa liga o nome de Serra às lembranças do eleitor sobre o Mensalão do DEM, de José Roberto Arruda:

“O DEM foi inoportuno na pressão que fez sobre Serra. Eles usaram Serra como escudo para lavar a honra. Ao invés de carregarem sua própria cruz, a colocaram nas costas de Serra… O PTB não vai criar embaraço… Somos solução, não problema. O DEM é que é problema. E muito.” (Do UltimoSegundo)

O POVO JÁ SABE O QUE QUER.

E também já sabe o que não quer.

No Brasil não quer voltar ao atraso e ao retrocesso.

E na Bahia, além de não querer o retrocesso, também não quer a gatunagem.

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
julho 2010
D S T Q Q S S
« jun   ago »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia