WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


RESPOSTA AO CRAVO SEM CANELA, O AUTOR PEDE O ANONIMATO.

Resposta ao texto “Porto Sul: o dilema continua” do Cravo sem Canela.

As partes grifadas do texto original seguem abaixo, com a devida
réplica.

“Exploração de minério é um recurso não renovável. Eles querem criar uma estrutura gigantesca para explorar algo que vai durar quanto tempo? 15, 20, 30 anos?????”

R. “Eles” não são burros. A estrutura “gigantesca” não será destruída depois de 15, 20 ou 30 anos. Pelo contrário, será uma estrutura que poderá ser usada estrategicamente e tornar a região um dos principais corredores de exportação do planeta. Portos são um patrimônio caro, valioso e duradouro. Alguns operam por séculos, e sempre podem ser ferramentas estratégicas para a geração de divisas.

“Os danos ambientais serão irreversíveis”

R. Quanto do meio-ambiente será danificado? De que forma? De onde vem a informação? O empreendimento gerará impacto ambiental, afinal  todo empreendimento humano tem, mas haverão ações compensatórias e o uso de tecnologias para minimizar o meio-ambiente. O argumento é uma falácia, com tom de terrorismo, mas sem o menor respaldo.

“vão acabar com o turismo na região. Turismo este que vem atraindo grandes investimentos devido a impressionante beleza da região”

R. Compare isso com o que o próprio autor do texto propõe abaixo

“Também sou portuário e por isso sei que existe um porto, o de Aratu, que tem todas as condições para abrigar o projeto que querem para o Porto Sul. “

R. Ora… primeiro o autor diz que o porto é incompatível com o
meio-ambiente e com o Turismo, e depois cita um grande porto que há em Salvador. Por acaso o Turismo de lá foi destruído? Ou se fortaleceu, transformando Salvador na cidade mais visitada do Norte-Nordeste do Brasil? E o meio-ambiente, que danos “irreversíveis” sofreu?

“os investidores após exaurir as riquezas minerais, irão embora, atrás de outro local onde possa explorar.”

R. Os investidores em Minério de Ferro irão embora. Mas durante os 15, 20 ou 30 anos de prosperidade há uma chance real de se construir uma infra-estrutura econômica para a região, e explorar alternativas, incluindo aí o Porto e o Aeroporto que serão construídos. Em 15 anos, com um Porto e um Aeroporto internacional à disposição, a região certamente conseguirá diversificar suas atividades econômicas (incluindo o fortalecimento do Turismo). É preciso romper a inércia econômica, o que o empreendimento Complexo Intermodal fará. Daí em diante as coisas caminharão muito bem sozinhas.

1 resposta para “RESPOSTA AO CRAVO SEM CANELA, O AUTOR PEDE O ANONIMATO.”

Deixe seu comentário

contador free

nao basta

Webtiva.com // webdesign da Bahia
fevereiro 2010
D S T Q Q S S
« jan   mar »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia