No final de novembro e começo de dezembro, correu um burburinho na cidade que o Prefeito de Ilhéus iria fazer mudanças drásticas no seu Governo.

Não acreditei, não é de sua índole.

Na última reunião, conforme blogs e sites, afinou o discurso, sinalizando que tudo vai ficar como dantes no quartel de Abrantes, quiçá uma troca aqui outra acolá, coisa cosmética, para dar uma satisfação à população.

Ele sabe que mudanças precisam ser feitas, mas não as fará, porque é refém do status quo. Antonio Olímpio sabe o que é isto.