Não vejo o movimento, justo, contra a demarcação de areas indígenas, pressionar o Deputado Veloso em Brasília, para que  faça gestões contra esta injustiça.

Não vejo também, pressão junto a Deputada Ângela, para que tome um posicionamento claro sobre o problema.

Não vejo, o movimento fazer gestões junto a Funai, a maior causadora do problema.

Vejo sim, toda vez que o Governador aparece por qualquer motivo, (Ponte Ilhéus/Pontal, Ponte Itacaré/Camamú e agora Conferência da Cultura), aparecerem os protestos, as vezes mal educados, exigindo que o Governador arque sozinho com toda essa problemática.

Estranho, muito estranho.